A Copa do Mundo já começou e a internet está inundada de informações sobre os jogos. Mas você pode não ter visto sequer um lance dos primeiros dois jogos. Caso você trabalhe e sua empresa ache que uma TV no escritório é coisa de maluco, há vários meios de acompanhar todos os jogos da Copa, desde o modo tradicional como em novidades que as redes sociais trouxeram.

Como nós já falamos por aqui, a Globo irá transmitir todos os jogos da Copa ao vivo pelo GloboEsporte.com. Num teste rápido, com conexão cabeada de 1 Mbps, o jogo entre França e Uruguai demorou cerca de quatro minutos para carregar e entregou uma imagem bem pixelada, com delay de oito segundos em relação à transmissão da TV a cabo. Porém, a imagem ficou estável, sem muitas travadas. Ou seja, os servidores da Globo podem ser grandes, mas tem muita gente tentando ver o jogo. 

Pensando nisso, o IDG Now! fez uma lista de sites que irão transmitir a Copa, de forma ortodoxa ou não. Alguns deles já são velhos conhecidos de quem acompanha futebol pela internet, como o Justin.tv. Mas a lista com 16 sites traz opções novas e interessantes, como a transmissão ao vivo do canal CBC. Você pode conferir a lista aqui. Por conhecimento próprio, coloco na lista também o site RojaDirecta, um agregador de jogos e sites bem eficiente.

Nossa dica para acompanhar os jogos pela maioria desses sites é usar um programa chamado UltraSurf. Grande parte desses portais limitam o número de usuários de um só país. E nós, brasileiros, sempre comparecemos em peso em tudo que envolva futebol e esquemas gratuitos na internet. Assim, em poucos minutos, o site congela a transmissão, para terror de todos. O UltraSurf torna seu IP ilegível e te deixa livre para navegar em paz. E ele faz muito sentido em sites assim. Clique aqui para baixar.

Twitter e os 75 milhões de comentaristas

Como era de se esperar, o Twitter está fervendo já no primeiro dia da Copa. Todos os trending topics mundiais são sobre o campeonato, inclusive com homenagens emocionantes ao eterno narrador  da Globo, Galvão Bueno. Nomes de times e jogadores estão sempre no topo da discussões. Pensando nisso, o site do jornal inglês Guardian criou uma forma diferente de ver a Copa: você acompanha um replay rápido de um jogo sem narração ou comentário, apenas com o crescimento de círculos que representam os termos mais falados no Twitter naquele instante do jogo. Clique aqui para conferir.

E é claro que o próprio Twitter não deixou passar o momento de audiência do site. A primeira ação foi disponibilizar bandeiras de cada país por meio de hashtags, algo que parecia apenas uma miscelânea bobinha. Mas o microblog criou sua própria página para a Copa do Mundo, o Twitter World Cup. Além de uma interface bonita, todos os jogos e seleções são clicáveis e todos os tweets que envolvem as bandeirinhas ficam concentrados. Claro que cada página fica uma bagunça cheia de idiomas, mas o Twitter parece a melhor ferramenta para saber a opinião de todos, desde jornalistas especializados até o leigo que não entende porque 22 homens correm atrás de uma bola.