Mesmo já sabendo o que são essas coisas, continua sendo bem bizarro avistar uma delas no céu.

Sim, isto é uma trajetória em espiral de um foguete na atmosfera, assim como a que apareceu na Noruega em dezembro último. O culpado dessa vez é provavelmente o SpaceX Falcon 9, um foguete privado, testado pela primeira vez na última sexta, na Flórida. Sua trajetória cruzava a Austrália, e o timing bate com o início do segundo estágio. O propulsor cai, traça uma espiral por causa do gás que escapa na atmosfera, e você fica com esta insana vista no céu da sua casa. Não é tão legal quanto aliens de verdade, mas é bem bacana, diz aí. [Bad Astronomy via io9]