Começou hoje em São Paulo o IDF, evento anual da Intel que após alguns anos afastado daqui, retornou ao Brasil. Na pauta do primeiro dia, ultrabooks, ultrabooks e um pouquinho de Ivy Bridge.

Um dos maiores entraves para a popularização dos ultrabooks no Brasil é o preço: longe do que custam nos EUA (onde já não são lá muito baratos), por aqui um desses notebooks fininhos dificilmente sai por menos de R$ 3 mil. A Intel está ciente do problema e já tem uma carta na manga para empurrar para baixo os preços praticados: fabricação local.

Segundo Fernando Martins, presidente da Intel do Brasil, já haverá modelos verde e amarelo entre os 20 que devem estar disponíveis ao consumidor até o final do ano. Dell, LG, HP, Samsung e STi prometeram embarcar nessa, mesmo com algumas delas já comercializando modelos importados.

Outro problema dessa recém-criada categoria de portáteis, a falta de “regulamentação” sobre o que é e o que não é ultrabook, será sanado. Como? Com um selo, parecido com aqueles do Windows e do processador. Solução pouco elegante e que destoa do ar premium que, hoje, os ultrabooks emanam.

Samsung e LG aproveitaram a deixa para lançar novos modelos. O Samsung Série 5 ULTRA tem 1,76 cm de espessura e pesa 1,45kg, vem com SSD dedicado à inicialização + HD de 500 GB, 4 GB de RAM e Core i5 Sandy Bridge, tudo isso por R$ 2.399.

Samsung Série 5 Ultra.

A LG ataca com dois modelos. O Z330 pesa 1,21 kg e tem 1,47 cm de espessura. Vem com tela de 13,3″, processador Core i7 (também Sandy Bridge), 4 GB de RAM e SSD de 256 GB. O Z430 tem tela maior (14″) e solução de armazenamento híbrida, combinando um SSD (32 ou 128 GB) com um HD normal (320 GB). Ele também é mais pesado (1,52 kg) e grosso (1,99 cm), mas mais barato: enquanto o Z330 sai por R$ 4.399, o Z430 custa 2.999,

LG Z330.

O da Samsung já está à venda, os da LG, se não, em breve estarão — o release fala em lançamento para “maio”. Ainda sem preços convidativos, nem a nova geração dos processadores Intel, os Ivy Bridge, que também apareceu no IDF. [Tecnoblog. Foto: Intel]