O Facebook é um trambolho no celular: seja no app oficial, seja no webapp, ele é desnecessariamente lento mesmo em smartphones potentes. No entanto, dados da comScore revelam como é alto o uso do Facebook no celular: 441 minutos por mês, combinando app e webapp – é mais que no computador. Será que o Facebook pode rever sua estratégia móvel em breve?

O uso do Facebook no celular é alto: é a primeira vez que ele ultrapassa o uso da Rede Social no computador, onde o usuário passou em média 391 minutos no mês. Os números valem apenas para os EUA, onde o Facebook tem sua maior base de usuários.

O Facebook vai entrar na bolsa de valores, e revelou aos acionistas que o acesso no celular é um grande ponto fraco da empresa:

Se os usuários acessarem cada vez mais produtos móveis como substituto do acesso através de computadores pessoais, e se nós não formos capazes de implementar com sucesso estratégias de rentabilização para nossos usuários móveis, nosso desempenho financeiro e capacidade de crescimento poderá ser afetado negativamente.

A estratégia móvel do Facebook ganhou um impulso com a compra do Instagram por US$1 bilhão, mas os resultados da compra ainda parecem tímidos. Além disso, segundo a Reuters, o Facebook começou em março a exibir “histórias patrocinadas” no feed móvel dos usuários. Isto pode indicar que o Facebook dá maior atenção ao uso móvel, porém o webapp e o app oficial continuam deixando a desejar.

Apesar de tudo, o app do Facebook está no top 5 em utilização tanto no iOS como no Android, nos EUA. A audiência móvel do Facebook (incluindo app e webapp) só não é maior que todos os sites do Google reunidos. Mas eles sabem que precisam se ajeitar no mundo móvel, ou podem perder espaço. [comScore via Reuters via Wired]