Em janeiro, a Sony revelou sua TV de 84″ com resolução 4K e seu preço igualmente gigante: US$ 25.000. Pior: no Brasil, ela chegou por cem mil Reais.

Esses preços enormes podem até deixar a TV fora de seu alcance financeiro, mas isso não significa que tudo com 4K seja proibitivamente caro. Na verdade, as novas TVs da Sony com 55 e 65 polegadas são muito menos caras que o esperado.

A Sony XBR-55X900A de 55 polegadas será vendida por US$ 5.000, enquanto o modelo de 65 polegadas (XBR-65X900A) vai custar US$ 7.000. Nos EUA, isso é quase o custo das atuais TVs high-end, como a Sharp 8-Series ou a Samsung UN75ES9000 de 75 polegadas.

Ambos os modelos da Sony estarão disponíveis na pré-venda em 21 de abril (nos EUA), tanto online como em seis Sony Stores, que vão mostrar do que o novo padrão de 3.840 x 2160 pixels é capaz antes de algum interessado gastar meses de aluguel em uma TV nova.

Segundo a Sony, os dois modelos chegam ao Brasil ainda este ano, mas ainda não há previsão de lançamento nem preço.

Quem comprar uma das TVs novas nos EUA também vai receber filmes “masterizados em 4K” que na verdade estão em Full-HD. São três Blu-rays: Homem-Aranha (2002), Os Caça-Fantasmas e Anjos e Demônios.

Mas e o conteúdo 4K de verdade? Não se preocupe. Por mais US$ 700, será possível levar o FMP-X1 4K Media Player no terceiro trimestre. Ele virá com 10 filmes (a maioria meia-boca) em resolução 4K mais curtas-metragens para manter você entretido até o Netflix começar a fazer streaming de conteúdo em Ultra HD. A Sony realmente quer fazer o 4K pegar. [Sony]