O dia deve estar bem agitado no escritório da B2W, a empresa que controla três dos maiores sites de e-commerce do Brasil: o Procon de São Paulo anunciou hoje que, a partir de amanhã, o Submarino, a Americanas.com e o Shoptime ficarão fora do ar em todo o estado por 72 horas. E a empresa ainda ganhou uma multa no valor de R$1.744.320.

O argumento do Procon-SP para a multa e a suspensão é simples: em um espaço de um ano, os sites tiveram um crescimento de 180% em reclamações — segundo Paulo Arthur Góes, diretor da entidade, “maioria deles por falta de entrega do produto ou defeito no item adquirido”. Se em 2010 o Procon registrou 2.224 reclamações contra os sites, em 2011 o número total foi de 6.233 atendimentos em relação aos três sites da B2W.

O Procon-SP já vem tentando punir a B2W por seus problemas desde o ano passado — a empresa chegou a recorrer da decisão em 1º grau, que foi publicada dia 10 de novembro de 2011. Nada adiantou. Quem estiver no estado de São Paulo e entrar nos sites da B2W a partir de amanhã encontrará a seguinte mensagem:

“O Grupo B2W, em virtude de decisão proferida pela Fundação PROCON – SP, em processo administrativo de n° 2573/2010, está com as atividades de e-commerce suspensas em todo o Estado de São Paulo, por 72 (setenta e duas) horas, a partir de 15 de março de 2012”.

A B2W ainda não se pronunciou, mas imaginamos que o impacto será grande: maior do que a multa, a paralisação das transações durante três dias num dos estados mais gastões do país pode ser algo catastrófico. [Procon-SP]