Se você só foi exposto à arte de criar retratos falados exibida em CSI ou NCIS  ou AJHKDSAYIG, talvez acredite que a justiça moderna dispõe de super computadores e máquinas incríveis para essa tarefa. Não é bem assim.

Depois que um esforço especialmente patético da polícia boliviana veio à tona semana passada (me lembrou o clássico peruano), o Mirror colocou na mesma página os retratos falados digitais de suspeitos mais horríveis da história recente, bem como alguns exemplos de artes feitas à mão que mostram que a culpa dessas pérolas não é bem do computador. [Mirror via Fark]