Eu dormi vendo Avatar, mas eu admiro a sede do James Cameron por novas tecnologias para o cinema. Agora eu o admiro ainda mais, depois que ele convenceu o administrador da NASA, Charles Bolden, a colocar de novo uma câmera 3D no Curiosity, o próximo rover a explorar Marte.

A nova câmera ficará em cima do mastro da nave, filmando a dez quadros por segundo em 3D de alta definição. Ela compartilhará o espaço com a MastCam 100, uma câmera com distância focal fixa de 100 milímetros (acima), e a Mastcam 34, que oferece um ângulo maior com 34mm de distância focal fixa (abaixo). A câmera 3D foi inicialmente descartada do projeto devido a cortes de orçamento. Cameron conversou com Bolden e deu um argumento bem convincente: a câmera vai fazer o público se relacionar com a missão.

Cameron está certo. A NASA deveria se esforçar mais para divulgar toda esta ciência para pessoas normais. Vídeo tridimensional em alta definição poderia ser perfeito para transmitir a magnífica desolação da superfície de Marte. A melhor coisa que se pode fazer além de, bem, ir pra Marte. [Pasadena Star News e NASA]