Há três anos, foi lançado o Raspberry Pi, um computador portátil voltado para acadêmicos e entusiastas. Hoje, ele chega à sua segunda geração: a pequena placa traz um chip quad-core, 1 GB de RAM e terá uma versão gratuita do Windows 10.

O novo Raspberry Pi 2 Model B conta com processador quad-core de 900 MHz da Broadcom, que promete trazer seis vezes o desempenho do chip anterior (700 MHz, um núcleo).

Graças ao novo processador, ele pode rodar Ubuntu – haverá uma versão do sistema para ele “nas próximas duas semanas” – e também Windows 10.

Na verdade, a Microsoft diz que irá oferecer uma versão gratuita do sistema para o Raspberry Pi 2, sem revelar mais detalhes – ela falará mais sobre isso “nos próximos meses”, e apenas recomenda aos usuários que se cadastrem no Programa de desenvolvedores Windows para IoT.

Quanto às outras especificações, temos quatro portas USB, porta Ethernet, entrada para cartão microSD, saída de áudio e HDMI. Ele faz boot a partir do cartão microSD; não há armazenamento embutido. A placa tem 40 pinos GPIO, que permitem conectá-la a outros dispositivos.

Isso mudou pouco nos últimos três anos, o que é uma boa notícia: a ideia é modificar o hardware o mínimo possível “para não haver uma transição dolorosa nem redução em estabilidade”, explica a Raspberry Pi Foundation.

O preço também é o mesmo de três anos atrás: o Raspberry Pi 2 Model B custa US$ 35. Eben Upton, que comanda a fundação por trás do pequeno PC, diz ao The Register: “sempre foi possível usar o Raspberry Pi 1 como um PC, mas ele era bom na medida em que custava US$ 35. Nós removemos essa ressalva; agora ele é simplesmente bom”.

O novo Model B está disponível nos EUA e no Reino Unido, mas ainda está para ser lançado no Brasil.

Versões

A fundação continuará a vender modelos anteriores do Raspberry Pi. São elas:

  • Model A: 256 MB de RAM, uma porta USB, entrada para cartão SD; US$ 25
  • Model A+: 256 MB de RAM, uma porta USB, entrada para cartão microSD; US$ 20
  • Model B: 512 MB de RAM, duas portas USB, entrada para cartão SD, porta Ethernet; US$ 35
  • Model B+: 512 MB de RAM, quatro portas USB, entrada para cartão microSD, porta Ethernet; US$ 35

Todos têm processador de 700 MHz com um núcleo. A Raspberry Pi Foundation disse que essas evoluções incrementais não eram de fato uma nova geração do produto.

O Model B+ está à venda no Brasil por cerca de R$ 220, enquanto o Model A+ sai por R$ 170. Eles estão disponíveis na distribuidora autorizada Farnell Newark e no Mercado Livre.

[Raspberry Pi via The Register; Microsoft]