A Apple anunciou o recall da bateria em algumas unidades do iPhone 6s que estão sofrendo desligamentos repentinos. Segundo a companhia, o problema não traz riscos à segurança e afeta apenas uma parcela dos celulares que foram fabricados entre setembro e outubro de 2015.

• Apple vai corrigir “doença do touch” em iPhones 6 Plus no Brasil por R$ 799
• Os preços do iPhone 7 e 7 Plus nas operadoras e no varejo

Os consumidores que precisarem trocar a bateria não terão que pagar pelo serviço. No entanto, se o aparelho tiver algum dano – como tela quebrada, que afeta a troca da bateria – será necessário consertá-lo primeiro. Segundo a Apple, “em alguns casos, pode ser que exista algum custo relacionado ao reparo”.

Quem já trocou a bateria do dispositivo pelo mesmo problema pode pedir reembolso para a empresa.

Para saber se o seu iPhone 6s precisa passar pelo recall, será necessário levá-lo à Apple Store ou a uma assistência técnica autorizada. No site da companhia, é possível encontrar os endereços.

Este ano, a Apple já fez recall de adaptadores de tomada que correm risco de dar choque nos usuários, incluídos em diversos Macs e dispositivos iOS; e de cabos USB-C defeituosos que recarregam o MacBook de 12″.

Enquanto isso, o problema chamado “doença do touch” não recebeu o mesmo tratamento. Desde agosto, usuários relatam que a touchscreen de alguns iPhone 6 Plus para de responder, e a tela acaba ficando com uma barra cinza na parte superior. Na semana passada, a Apple anunciou que tem um programa oficial para corrigir isso, mas é preciso pagar R$ 799.

[Apple via The Guardian]

Imagem: Flickr/Toshiyuki IMAI.