O Seiko Astron Stratosphere é um relógio de pulso sensacional porque presta atenção aos detalhes. Além de mudar a hora automaticamente caso você mude de fuso horário, ele tem um design inspirado na estratosfera terrestre.

Por dentro, o relógio possui um chip GPS: ele consome pouca energia, e ajusta a hora em todos os 39 fusos horários do mundo. Basta expô-lo à luz do sol, ou apertar um botão. O relógio é movido a energia solar, absorvida pelo mostrador, e tem um indicador que mostra o nível de energia.

Você pode colocar o GPS em modo avião quando for necessário. Mas vale notar que ele não identifica horário de verão; neste caso, é preciso fazer um ajuste manual.

Tudo isso já estava presente no Seiko Astron lançado há um ano, mas ele ganhou uma mudança estética na versão Stratosphere:

seiko stratosphere (2)

Sua característica mais notável é uma cúpula, feita de cristal de safira, que cobre o mostrador do relógio até as bordas. Devido a dureza da safira – superada apenas pelo diamante – cada cúpula exige mais de dez horas de polimento para ganhar seu acabamento cristalino.

E quando vista no ângulo certo, a cúpula parece colocar você à beira do espaço olhando para a atmosfera da Terra, graças ao brilho suave da pintura luminosa no mostrador.

Para um relógio de pulso premium, o Astron Stratosphere até que é barato: ele custa US$ 2.600. É um preço razoável para ser levado ao espaço toda vez que você olhar para seu pulso. Saiba mais: [Seiko via Acquire]