O CEO da RIM, Thorsten Heins, admitiu que está considerando vender a divisão de hardware da empresa após o lançamento do novo sistema operacional BlackBerry 10.

Em uma entrevista ao jornal alemão Die Welt, Heins disse abertamente sobre a possibilidade de vender a divisão de hardware da RIM – reforçando rumores do ano passado. Um trecho traduzido da entrevista:

Esta revisão estratégica ainda está sendo feita, mesmo que a pressão tenha diminuído. Nós não queremos limitar nossas opções… Existem muitas opções, incluindo a venda da produção de hardware… Mas não há motivo para decisões precipitadas. Antes de mais nada, é importante colocar o BlackBerry 10 no mercado. Depois vamos ver o que podemos fazer.

Não é a primeira vez que ouvimos uma sugestão de que a RIM pode parar de fazer dispositivos – mas é a primeira vez que alguém de dentro da empresa disse tal coisa. Se vender a divisão de hardware para se focar em licenciamento de software vai ser uma estratégia de negócios viável, é claro, depende do sucesso do BlackBerry 10, mas considerando o histórico recente da RIM, qualquer coisa pode ajudar. Vamos esperar para ver. [Die Welt via Reuters]

Imagem via AP