Todo mundo adora o potencial da impressão 3D, pois ela vai além de criar pequenos objetos em casa, e até mesmo de prototipagem industrial: a Rolls-Royce decidiu usar a tecnologia para ajudá-la a fabricar seus motores de avião.

A empresa vem ponderando a ideia de adotar a impressão 3D há alguns anos, mas finalmente decidiu que a tecnologia está pronta para ser usada.

A Rolls-Royce está confiante de que conseguirá expandir os limites da impressão 3D, para assim fornecer os níveis de precisão exigidos pela engenharia aeronáutica. Por isso, ela vai usar impressoras 3D para criar peças metálicas e de cerâmica para seus motores de aviões comerciais.

O Dr. Henner Wapenhans, chefe de tecnologia da empresa, explica ao Financial Times:

“A impressão 3D abre novas possibilidades, novos espaços para design. Através do processo de impressão 3D, você não fica limitado em ter uma ferramenta para criar um dado formato. É possível criar qualquer forma que você quiser.”

Inicialmente, a empresa usará a técnica para criar suportes de motor e bocais de combustível – peças que podem ficar mais leves usando impressão 3D, em vez de métodos comuns de fabricação. É um pequeno passo, claro, mas é um sinal definitivo de que a impressão 3D não é modinha; na verdade, ela ajudará você a voar pelos ares. [FT via Pocket-Lint]

Foto por Rolls-Royce