Muitas empresas andam apostando em conteúdo de TV, e a mais recente adição à lista é a Amazon, de acordo com o Wall Street Journal.

Parece que a Amazon se aproximou de grandes “conglomerados da mídia” para firmar acordos, e assim criar um serviço que combinaria canais da TV por assinatura com conteúdo que você pode obter via streaming na Amazon. O WSJ não menciona o nome dos tais conglomerados, mas seriam três.

O rumor até que faz sentido. A Amazon tem um bom catálogo de streaming – tanto de filmes como séries – e até produz conteúdo original, então eles devem ter um pouco de experiência em lidar com outras empresas de mídia. Além disso, a empresa se dispõe a sacrificar lucros imediatos quando vê que poderia ter ganhos a longo prazo.

Outras empresas também estão apostando em TV, com muita dificuldade. O Netflix estaria supostamente criando um projeto próprio de TV, mas não vimos indícios de que as negociações avançaram com outras empresas. E a Intel tentou criar um sistema de TV por streaming, mas desistiu por falta de conteúdo, vendendo-o para a operadora Verizon. Mas, como aponta o WSJ, a Amazon pode estar em uma posição melhor para tornar real o serviço de TV por streaming.

O jornal também menciona que a Amazon estaria supostamente trabalhando em sua própria set-top box, semelhante à Roku, que pode ou não ser lançada no ano que vem. É seguro dizer que a Amazon tem algo planejado para a TV… só não está claro exatamente o que vai virar realidade. Pelo menos, é algo bem mais plausível que entrega por drones. [Wall Street Journal]

Imagem: Shutterstock/Ivan Josifovic