O 9to5Mac é em geral confiável quando se trata de rumores, e eles têm mais um: os próximos MacBooks Pro serão mais finos, mais rápidos e mais lindos.

Pena que vão perder a porta Ethernet.

De acordo com o 9to5Mac, a nova família MacBook Pro chega no verão americano (talvez em junho) e será muito mais fina que a geração atual, mas não veremos clones do MacBook Air: eles continuarão com um perfil mais retangular, em vez de afilado como no Air. Ainda não sabemos as dimensões, mas dado que os ultrabooks ficam em menos de 2,5cm de espessura, provavelmente veremos novos MBP com estas medidas.

Para chegar a tanto, o MBP entrará em uma dieta rigorosa sem drives óticos, e talvez sem porta Ethernet. E será que veremos apenas SSD nos novos laptops? Provavelmente não: o 9to5Mac nada diz sobre o assunto, e isto limitaria a capacidade de um laptop voltado para profissionais.

Outros destaques que parecem garantidos? A Retina Display, que vários ícones em alta resolução no Mountain Lion vêm prometendo. E o USB 3.0 permitirá transferências mais rápidas entre dispositivos e o MacBook Pro. Espere, mas por que a Apple vai colocar USB 3.0 se ela adotou o Thunderbolt? Parece que os novos MBP vão oferecer ambas as portas. Já que o Thunderbolt ainda não decolou, seria uma boa jogada.

Além dos rumores do 9to5Mac, surgiu no Geekbench um benchmark que supostamente vem de um MacBook Pro com Ivy Bridge, nova geração de processadores da Intel. Com processador Core i7-3820QM a 2.7GHz, ele chegou a um benchmark de 12252 – cerca de 17% melhor que um MBP atual com Core i7. Nada aqui parece fora deste mundo, então provavelmente não sairemos decepcionados com o que prometem os rumores. Tudo deve ser revelado na WWDC, em junho. [9to5Mac e Geekbench]