Nós testamos o Galaxy Note, aparelho de 5,3 polegadas da Samsung, e ficamos confusos. Isto é um tablet? Um smartphone? Não sabemos, mas há várias coisas que nos desanimam nele: o tamanho exagerado, a falta de precisão ao escrever com a caneta, e pouca duração de bateria. Sabe o que não desanima? Os benchmarks!

O Techblog.gr rodou o Quadrant no aparelho, e veja só: mesmo com 2,5 vezes o número de pixels que o Galaxy S II, o Galaxy Note tirou nota maior no benchmark: 3.624, versus 3.538 no GSII. (Sim, a resolução da tela é importante!) E ele pode ficar ainda mais potente, já que o aparelho exposto pela Samsung não é a versão final para consumidores. (O teste começa no ponto 4:30.)

Quanto ao preço, temos uma notícia meio absurda: o Galaxy Note vai custar mais caro que o Galaxy Tab 7.7. Pois é. A Samsung divulgou preços apenas para a Escandinávia, mas vejamos: enquanto o Galaxy Tab 7.7 vai custar cerca de €699 (R$1.600), o Galaxy Note custará em torno de €750 (R$1.750) quando chegar no fim do ano. No Reino Unido, o Galaxy Note custa £600 (R$1.590); o Tab 7.7 não tem previsão de chegada, depois que a Apple conseguiu proibir a venda e divulgação do tablet em vários países da Europa. Nos EUA, ainda não há preço previsto.

Uhm… Samsung, onde você quer chegar com o Galaxy Note cobrando esses preços? [TechBlog.gr e SammyHub via GSM Arena]