A Samsung não divulga número de celulares que distribuiu às operadoras e varejo, mas estimativas apontam que a coreana conseguiu dois feitos este ano: retomar da Apple a liderança em venda de smartphones; e tirar da Nokia a coroa de empresa que mais vende celular – a Nokia estava no topo há 14 anos.

A Asymco diz que, segundo analistas, a Samsung vendeu de 85 a 91 milhões de celulares no primeiro trimestre; a Nokia divulgou em comunicado oficial que vendeu 83 milhões de celulares no mesmo período. A menos que os analistas tenham errado muito pra cima, a Samsung está na frente.

Por que isso aconteceu? Como aponta a Asymco, tudo se trata de smartphones. Como já dissemos, mesmo no Brasil as vendas de dumbphones devem cair em 2012, enquanto smartphones – principalmente os mais baratos – tomam seu lugar. E até empresas bem-estabelecidas têm dificuldade em concorrer contra as chinesas na venda de celulares simples.

E é nos smartphones que as duas empresas diferem: enquanto a Samsung apostou cada vez mais em smartphones, a Nokia se manteve estagnada no setor – e os Lumias ainda mal aparecem nas vendas. Dos celulares vendidos pela Nokia no trimestre passado, menos de 20% eram smartphones (quase todos com Symbian); o total é de quase 50% para a Samsung.

Também no primeiro trimestre, a Samsung retomou da Apple o primeiro lugar em vendas de smartphones: foram distribuídos mais aparelhos Galaxy e Badas no mundo que iPhones. Samsung e Apple vêm se alternando na liderança há um ano, desde quando a Nokia perdeu o primeiro lugar em smartphones. [Asymco e Reuters/G1]

Foto por Vinu Thomas/Flickr