O salto para os 3TB não vem sem dificuldades: o padrão atual de tabelas de partição, criado na Idade da Pedra de 1980, só dá suporte a capacidades de até 2,1TB. Barbara disse que o drive só estará disponível para versões 64-bit do Windows Vista e 7, assim como para versões modificadas do Linux. Isso porque o Windows XP 64-bit não tem suporte à tabela de partição GUID, suportada pelas versões 64-bit do Vista e 7, e que serve para HDs de até 18 exabytes.

O site Thinq conversou com Barbara e ela contou, em detalhes, vários desafios tecnológicos em criar um drive tão robusto, mas eu gostei da determinação da Seagate em ficar maior, em vez de ficar na mesma. A Barbara disse somente que o anúncio será feito "no fim deste ano", então você vai ter bastante tempo para juntar todo e qualquer arquivo que você encontrar. [Thinq; imagem via]