Se/Quando você for baixar um torrent cheio de conteúdo protegido por direitos autorais (que vergonha!), não estará pagando ninguém; esta é parte do apelo da pirataria. Mas há como ganhar dinheiro por compartilhar coisas de graça — caso contrário, por que alguém faria isso? O Torrentfreak falou com um pirata profissional para ouvir o que ele tem a dizer. É fascinante.

Naturalmente, a identidade real do pirata é mantida em segredo, mas, de acordo com o Torrentfreak, ele é responsável por centenas de milhares de links e cerca de 30 mil filmes compartilhados ilegalmente. Ele é tipo um cara importante no negócio, saca?

Do Torrentfreak:

Eu tinha acabado de me mudar para Puerto Vallarta [México] e fui ao site de um canal de TV para assistir um programa que eu perdi e fui bloqueado por estar fora dos EUA. Grrrrr. Então, um amigo me contou sobre o TVShack [um site criado por Richard O’Dwyer] e um mundo completamente novo se abriu para mim.

…Um dia, havia um filme que eu queria ver e não havia links para ele. Então, eu procurei no Google, encontrei um e adicionei ao TVShack. Viva! Agora eu fazia parte da comunidade.

Daqui em diante, o Sr. Pirata McPirataria, conhecido apenas como “John”, foi construindo um império para si mesmo. É aqui que o dinheiro entra. Você sabe, propaganda. O Torrentfreak explica:

O mecanismo básico é o seguinte: os usuários fazem o upload de conteúdo para sites de hospedagem de arquivos. Quanto mais pessoas visitam aquele site para ver o conteúdo, mais receita de propaganda entra para a empresa de hospedagem. O esquema de afiliados, então, entra em cena, e parte desse dinheiro é enviada para o uploader do conteúdo. John diz que o pagamento que ele recebe fica entre 1 e 2 dólares por 1.000 visualizações de um filme ou programa de TV.

E, usando esse esquema e jogando na rede centenas de milhares de links, John é capaz de ganhar o que ele chama de “vida boa”, apesar de ele não ir tão longe a ponto de divulgar o quão boa é essa vida. A entrevista completa é impressionante, e realmente elucida muito sobre o lado do fornecimento da pirataria, que você provavelmente nunca parou para pensar. Dê uma passada no Torrentfreak e leia. E depois vá ver algum filme. Pagando, por favor. [Torrentfreak]