A sua existência está espalhada pela internet. Você provavelmente tem contas em fóruns que não visita há décadas e serviços de mídia social tão ausentes de usuários que parece um cemitério do interior. E cada uma dessas contas é um caminho potencial até sua vida pessoal para um hacker. Então, você precisa torná-las seguras.

• As melhores extensões para proteger a sua conta do Gmail
• Como apagar sua existência online, mas manter todos os seus dados

Estes são alguns dos melhores jeitos de manter essas contas seguras, todos rápidos e simples, então você não tem desculpas.

1) Feche as contas que você não usa mais

ywnuy4mninmgmjwxbhr8

Isso é o que acontece com a sua conta antiga e não usada na internet: ela é hackeada. E às vezes isso dá o caminho para contas mais valiosas com as quais você se preocupa, então faz sentido manter o número de contas que você usa em um mínimo. Como um bônus adicional, significa que você tem menos nomes de usuário e senhas para se preocupar.

2) Use um administrador de senhas

Por falar em nomes de usuários e senhas, existem aplicativos que podem ajudar. Administradores de senhas como o 1Password ou o LastPass não apenas gerenciam suas diversas credenciais como também geram senhas ultra-seguras, livrando-o de ter que usar a mesma para tudo.

3) Use autenticação de dois passos

Temos falado da verificação de dois passos já há algum tempo, e você pode acioná-la na maioria dos serviços online, incluindo os da Apple, Google e Microsoft. Significa que, se alguém conseguir o seu nome de usuário e senha, eles não vão conseguir logar na sua conta em um novo dispositivo sem um código extra entregue por SMS ou através de um aplicativo. O que significa que eles precisam de acesso físico aos seus dispositivos.

4) Proteja sua redefinição de senha

ncslkwbracn69nqrfihz

O quão fácil é para alguém redefinir as suas senhas? Se um dos seus emails for comprometido, suas redes sociais podem ser o próximo alvo, mas existem formas de parar isso, como checar Pedir informações pessoais para redefinir minha senha nas Configurações do Twitter e assegurar de que as suas “perguntas secretas” sejam fortes o bastante.

5) Cheque a atividade da sua conta

Muitas das suas contas online deixam você checar as atividades recentes (você pode ir para esta página no Facebook e para esta página para o Google, por exemplo), e vale a pena fazer isso regularmente para ter certeza de que não há nada errado. Você pode geralmente fazer logoff de todas as sessões a não ser a atual e desabilitar autorizações para quaisquer dispositivos que você não reconheça.

6) Desativar conexões de programas de terceiros

Não há nada inerentemente errado em deixar outros aplicativos e serviços conectarem ao seu Facebook e Twitter, mas você deve manter essas conexões ao mínimo e remover as que não tiver usando, para bloquear possíveis caminhos para os hackers usarem. Você pode facilmente gerenciar seus aplicativos conectados para as suas contas de Google, Twitter e Facebook.

7) Mantenha seus softwares atualizados

f7rnbgmdpek4ng5lp97t

Muitas vulnerabilidades vêm de software desatualizado, então você deve sempre ter certeza de que seu sistema operacional e navegador estão atualizados para manter o seu computador seguro e, por extensão, as contas online que você acessa por meio dele. Felizmente, a maioria dos softwares hoje em dia se atualizam automaticamente sem maiores problemas, então não é tão difícil se manter sempre em dia.

8) Não confie em ninguém

Você vai ouvir muito esse mantra se assistir Arquivo X e deve repeti-lo para si mesmo sempre que receber um e-mail ou mensagem de mídia social com conteúdo duvidoso. Fique atento a links sem nenhum contexto e a possíveis golpes de phishing que estão cada vez mais ardilosos e difíceis de identificar. Pense antes de clicar e se informe das ameaças mais recentes.

9) Vá atrás de ajuda extra

A não ser que você instale algo estranho e terrível, programas de antivírus e outros tipos de software de segurança não podem fazer mais mal do que bem, como proteger de ataques de phishing que acabamos de mencionar. Existem vários programas grátis ou pagos por aí para qualquer dispositivo que você possa estar usando.

10) Especifique seus contatos de confiança

wk8iz7bcubu6cgyyzqjn

Se alguém chutá-lo da sua conta do Facebook, você pode fazer um de seus amigos deixar você entrar de novo, contanto que você diga ao Facebook em quem você confia antes. Vá para Segurança, nas Configurações, para ajustar isso. É simples mas eficaz: o Facebook manda códigos de um uso para os seus amigos para você reaver o seu acesso, códigos que eles devem passar somente para você.

11) Mude suas senhas regularmente

Se você tem um gerenciador de senhas (como acima), então isso pode já estar resolvido, mas qualquer que seja a situação você deve mudar todas as suas senhas regularmente, e nós estamos dizendo todas. Você tem muito menos com o que se preocupar se uma grande coleção deles ficar disponível para os hackers, porque você provavelmente já mudou os seus.

12) Use um endereço de e-mail secreto

Se alguém sabe o seu endereço de email, eles têm metade do necessário para logar em suas contas, e hoje em dia não é difícil descobrir o endereço de email de alguém. Configurar um email privado (que não tenha relação com o seu nome) somente para logar em suas contas de mídias sociais é outra forma de mantê-las mais seguras.

13) Você sabe onde está seu celular?

guh88xr0tbq5cigbdvaq

Nossos telefones móveis são uma das muitas formas de entrar nas nossas contas online, então você precisa mantê-lo bem protegido. Isso envolve ativar capacidades de apagar o dispositivo quando ele for perdido (veja as instruções para iOS e Android) e ter certeza de que os seus dispositivos estão completamente resetados caso você os venda ou passe para frente.

14) Mantenha-se informado

Um dos jeitos mais fáceis e efetivos de manter suas contas seguras é apenas se manter atualizado das notícias de tecnologia, e nós podemos ajudar com isso. Se você sabe sobre as mais recentes ameaças e brechas e como lidar com elas, então você não será pego. É claro, manter suas contas ativas em um número reduzido (veja o primeiro item) vai ajudar nisso também.

15) Instale um VPN

Nós já escrevemos antes sobre se manter seguro no Wi-Fi público, e se você fica bastante tempo em cafés e hoteis então o investimento em um sólido aplicativo de VPN é bem útil. Assim como permitir que você engane sobre a sua localização se você precisar, ele também adiciona uma camada extra de segurança aos dados que você está enviando e recebendo, deixando mais difícil de alguém bisbilhotar.

16) Use proteção de código PIN

efj7f9nttitacrpdybom

Imagem: Wachiwit/Shutterstock.com

Um código PIN ou login com senha é tudo o que o seu telefone e notebook têm de proteção contra estranhos que estejam passando por ele e suas contas online, então tenha certeza de que você usa um. Tanto faz se o seu serviço ofereça proteção de senha, biometria, reconhecimento facial, escaneamento de íris. Tenha certeza de que exista algo lá para impedir que outras pessoas loguem nele.

17) Mantenha suas contas para si mesmo

Em uma nota relacionada, vale muito a pena fazer a sua própria conta no seu computadorseu navegador ou seu tablet para manter outras pessoas fora de suas contas importantes. Não estamos dizendo que o seu filho ou seu colega de casa estão tentando ativamente entrar no seu Facebook, mas, de uma perspectiva de segurança, é sempre melhor limitar o acesso o quanto for possível.

18) Tome cuidado com o que você compartilha online

As suas contas só estão tão seguras quanto o elo mais fraco que as protege, e esses elos geralmente envolvem alguém personificar você. Tenha certeza de que os dados pessoais que podem ser usados para verificar a sua identidade, como seu endereço, sua data de nascimento ou até mesmo que time de futebol você torce, não estejam presentes nos seus perfis de mídias sociais.