Este é o Jaguar, o novo rei dos petaflops, que roda a 1,75 petaflop por segundo. O supercomputador Cray XT5 esteve atrás do Roadrunner da IBM por mais de um ano, até um cientista esperto decidir pintar um jaguar nele.

Então ele ultrapassou o supercomputador da IBM de 1,04 petaflops, atingindo seus 1,74 quadrilhões de operações de ponto flutuante por segundo, de acordo com o benchmark Linpack da Top500. Bem, provavelmente o motivo da velocidade maior foram processadores extras no Jaguar, mas pra mim com certeza foi a pintura.

O Roadrunner perdeu um pouco da capacidade em relação ao teste de junho deste ano, que deu 1,105 petaflops. Talvez por culpa do Coiote! Minha recomendação para a IBM: pintar chamas no Roadrunner para ganhar o primeiro lugar de volta. Parece funcionar nos gabinetes de modders.

Estes são os dez supercomputadores mais rápidos hoje:

1. Jaguar, Cray, Oak Ridge National Laboratory, EUA (1.75 petaflop/s)

2. Roadrunner, IBM, Los Alamos National Laboratory, EUA (1.04 petaflop/s)

3. Kraken XT5, Cray, National Institute for Computational Sciences, EUA (832 teraflop/s)

4. JUGENE, IBM, Forschungszentrum Juelich, Alemanha (825.5 teraflop/s)

5. Tianhe-1, NUDT, National SuperComputer Center, Tianjin, China (563.1 teraflop/s)

6. Pleiades, SGI, NASA Ames Research Center, EUA (544.3 teraflop/s)

7. BlueGeneL, IBM, Lawrence Livermore National Laboratory, EUA (478.2 teraflop/s)

8. BlueGene/P, IBM, Argonne National Laboratory, EUA (458.61 teraflop/s)

9. Ranger, Sun, Texas Advanced Computing Center, EUA (433.20 teraflop/s)

10. Red Sky, Sun, Sandia National Laboratories, EUA (423.9 teraflop/s)

[Top500 Supercomputers via Cnet]