No início do mês, a Claro passou a oferecer acesso grátis ao Twitter no celular. E hoje, a TIM começa a fazer algo semelhante – mas as regras são diferentes. Nós explicamos.

Na Claro, o acesso é gratuito através do site mobile.twitter.com ou por meio do app oficial para Android, Windows Phone ou iOS. No entanto, isto vale apenas para clientes de celular, nos planos Claro Online, Controle 35 e 42 e pré-pago.

Na TIM, você só tem acesso grátis se entrar pelo mobile.twitter.com – o tráfego via app é tarifado. No entanto, a gratuidade vale para todos os clientes de celular, tablet e modem.

Ambas também oferecem acesso gratuito ao Facebook. Claro e TIM permitem acessá-lo no celular via m.facebook.com ou via apps oficiais para iOS, Android, Windows Phone e Java. (Há uma oferta semelhante para o plano de tablet da TIM.)

Mas atenção: nas duas operadoras, se você estiver no Twitter/Facebook e abrir um link para outro site, este acesso não será gratuito. Ele será descontado da sua franquia de dados (ou você será cobrado o valor diário, caso seja seu primeiro acesso do dia). A Claro ainda acrescenta o seguinte, que também vale para a TIM:

Não estão incluídos na gratuidade da promoção Twitter e Facebook Grátis: (…) a conexão à internet realizada por programas e aplicativos de maneira automática, em razão das configurações dos programas, como atualização de antivírus e sistemas operacionais.

Então fique atento.

Expansão

Isto faz parte da série de acordos que Twitter e Facebook estão firmando com operadoras ao redor do mundo. O programa Twitter Access, que começou na Índia, tem como objetivo facilitar o acesso ao Twitter – inclusive através de celulares simples.

Segundo o New York Times, a rede social já fechou acordo com cerca de 250 operadoras em mais de 100 países. O Twitter se prepara para uma estreia de até US$ 1 bilhão na bolsa de valores, e quer expandir sua base de usuários – especialmente no celular. O Twitter diz que, no Brasil, 50% dos acessos já são realizados através de smartphones. No mundo, são mais de 60% dos usuários.

Enquanto isso, o Facebook fecha acordos com operadoras no mundo também. No Brasil, clientes da Oi podem acessar o Facebook Messenger sem usar a franquia de dados. No mundo, 67% dos usuários acessam diariamente a rede através do celular.

Atualizado às 15h22