Você já deve ter ouvido falar sobre o Haiyan, um dos tufões mais fortes da história. Ele matou cerca de 10 mil pessoas nas Filipinas e deixou 39 mil desabrigados na China, e parece aterrorizante mesmo a 35.000 km de distância.

Esta imagem, capturada pela Agência Meteorológica do Japão e pela agência europeia EUMETSAT, mostra o tufão enquanto ele atravessava as Filipinas em 8 de novembro. O Haiyan (conhecido como Yolanda nas Filipinas) produziu ventos que mantinham velocidades quase constantes de 269 km/h, com rajadas de até 324 km/h.

Você pode ver as luzes das Filipinas aparecendo na parte inferior do tufão. O Sudeste Asiático e a Índia estão a oeste; e a Austrália, ao sul. Você pode ver o sol se pondo sobre o Mar da Arábia, na parte mais à esquerda da imagem.

A tempestade devastou as Filipinas, forçando milhões de pessoas a se abrigar. O Programa Alimentar Mundial, da ONU, estima que 2,5 milhões de pessoas vão precisar de ajuda. Com quantias a partir de R$ 5 (100 pesos filipinos), você pode ajudá-los neste link. [New Scientist]

Imagem por Agência Meteorológica do Japão e EUMETSAT