Turbinas/pipas aquáticas podem parecer um daqueles conceitos viajantes que a gente adora publicar por aqui, mas a empresa por trás da ideia já atraiu dois milhões de Euros em investimentos e vai começar a testar a solução no ano que vem.

Turbinas subaquáticas são uma ideia tão boa que eu acho até curioso que ainda não tenha "decolado". Por ficarem escondidas nas profundezas do oceano, a superfície não fica cheia de criaturas feias.

Cada turbina mede 12 metros de envergadura e fica presa por um cabo de 100m, gerando 500 kilowatts de energia. Os primeiros testes começam ano que vem na Irlanda, mas a empresa por trás do projeto, a Minesto, espera a tecnologia já seja amplamente utilizada dentro de quatro anos. [CNN via DVICE]