Soubemos que a LG preparava a abertura de uma loja própria no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre para ser mais preciso. Ela servirá de vitrine para as várias linhas de produtos da empresa, terá forte interação social via web, serviços diferenciados e foi aberta hoje. Coincidência ou não, sua “rival doméstica”, a Samsung, fez o mesmo, só que um dia antes e em São Paulo.

Recebemos de uma fonte anônima fotos e informações sobre a tal “brand shop”, loja dedicada a uma marca apenas, da LG. Ela fica no recém-inaugurado shopping Bourbon Wallig, em Porto Alegre, e conta com o apoio de funcionários da Colombo, rede de lojas de departamento bastante forte no sul. A abertura aconteceu hoje e a empresa está apostando bastante nessa empreitada. Além de demonstrar e vender produtos da empresa, a loja tem apps para smartphones e ações em redes sociais.

Ontem foi a vez da Samsung inaugurar a sua loja em São Paulo, no Shopping Higienópolis. A segunda da América Latina (a primeira está no Peru), diferente da da LG esta foca em produtos mais “descolados”, ou seja, celulares, tablets, notebooks e câmeras digitais. O objetivo primordial é colocar o consumidor potencial em contato com os produtos — mas não espere os últimos lançamentos pintando por lá; só estão disponíveis produtos já lançados no Brasil.

Ambas já têm planos de expansão em vista. A Samsung deve abrir outras unidades em mais cinco grandes cidades, a LG, segundo a nossa fonte, deve desembarcar em mais duas capitais, ambas do Nordeste (Salvador e Recife), até o fim do ano. Os coreanos estão em guerra e levam a batalha para o varejo, tudo para conquistar o coração do consumidor. A Apple provou que essa estratégia funciona, mas será que com as outras a história se repetirá? [Fonte anônima (obrigado, Fonte!), Estadão]