Estes vídeos absolutamente estonteantes mostram o poder formidável do VASIMR VX-200 da Ad Astra, o motor espacial mais potente que existe. Funcionando a um milhão de graus Celsius, parece que o demo abriu o olho mágico das portas do inferno.

O motor de plasma foi testado no dia 30 de setembro, ultrapassando o marco dos 200kW de potência máxima. De acordo com a empresa, o motor excedeu em 25% a performance prevista. O VASIMR VX-200 tem dois estágios — duas seções, cada uma com combustível e motor próprio: o primeiro funciona a 32kW e gera plasma a partir do gás argônio, enquanto o segundo usa o plasma para gerar mais 168kW.

 

Este motor de plasma irá reduzir a necessidade por quantidades gigantescas de combustível, diminuindo o consumo atual de 7,5 toneladas de propelente por ano — usado na Estação Espacial e em outras naves — para apenas 0,3 toneladas. E também deixará as naves extremamente mais rápidas, reduzindo o tempo de viagem à Marte de seis meses para apenas 39 dias — que nem os teóricos motores a íons.

O VASIMR será testado no fim de 2013 na Estação Espacial Internacional. Espero que eles puxem o freio quando virem que estão quase chegando em Saturno. [Universe Today]