No evento anual Research Faculty Summit, a Microsoft mostrou um avanço bem impressionante na sua tecnologia de inteligência artificial: um app chamado Project Adam consegue identificar com precisão um objeto nos arredores – basta tirar uma foto. Ele ainda está em desenvolvimento, mas mostra resultados bem promissores.

A Microsoft diz que o Adam foi meticulosamente calibrado por pesquisadores para imitar o cérebro humano. Eles usam um computador de alto desempenho que cria e armazena dados em um sistema de distribuição de larga escala – e ele funciona como nossos processos neurais. Trishul Chilimbi e sua equipe vêm desenvolvendo esta rede neural para o app:

Pesquisas recentes… se concentram no Project Adam e sua classificação de objetos, reunindo um enorme conjunto de dados – incluindo 14 milhões de imagens da web e de sites como o Flickr – composto por mais de 22.000 categorias extraídas de tags geradas por usuários.

Usando 30 vezes menos máquinas que outros sistemas, esses dados foram usados ​​para treinar uma rede neural composta por mais de dois bilhões de conexões. Esta infraestrutura escalável é duas vezes mais precisa que outros sistemas no reconhecimento de objetos, e 50 vezes mais rápida.

A demonstração do app envolveu identificar a raça de três cães na frente de uma plateia ao vivo. Aqui está Adam – acompanhado pela voz da Cortana! – analisando e nomeando corretamente a raça específica deste cão apenas ao olhar para ele:

Google e Amazon também estão dedicados a criar uma inteligência artificial para identificar objetos. Com o Project Tango, é possível criar mapas 3D de ambientes, e o objetivo é usá-los para detectar cada objeto neles. E o Fire Phone já consegue identificar de tudo através de fotos: produtos, pinturas clássicas, números de telefone e mais.

O Adam ainda está em seus primórdios, longe de um lançamento em produtos finais – mas parece ter um sério potencial. Os pesquisadores da Microsoft propõem aplicações úteis para ele, como analisar todo o conteúdo nutricional de uma refeição a partir de uma foto, ou descrever corretamente uma doença de pele, ou plantas comestíveis que poderiam ser encontrados na natureza. [Microsoft Next]