Muitos acharam que ele estava morto, mas a NASA publicou um novo vídeo mostrando o cometa ISON sobrevivendo após se aproximar da nossa estrela, em 28 de novembro de 2013.

O vídeo está acima, em formato GIF, mas você também pode assisti-lo neste link. É bem legal de se ver.

O cometa chegou ao periélio, ficando a apenas 1,2 milhão de km da superfície do Sol. Ele foi então lançado pela gravidade do Sol em uma nova volta em torno do sistema solar. A NASA acredita que o ISON ainda pode estar vivo:

Resta saber se são apenas detritos do cometa ou se alguma parte do núcleo sobreviveu, mas uma análise por cientistas na Campanha de Observação do Cometa ISON, da NASA, sugere que há, pelo menos, um pequeno núcleo intacto.

Abaixo segue outro time-lapse incrível do mesmo encontro, mas de um ângulo oposto:

cometa ISON nasa (2)

O ISON, descoberto há apenas um ano, deve atingir sua aproximação máxima da Terra em 26 de dezembro, passando a 64 milhões de km de distância. Felizmente, isso é longe o bastante para não interferir com as atividades terrestres. [NASA]