Relatos de Fortune e The Guardian indicam que o Google planeja iniciar um serviço de música via assinatura como o Spotify em breve. Mas a uma coisa maluca está escondida no meio das matérias: o YouTube pode ganhar uma versão sem propaganda. Imagine não ter mais propagandas do Vevo. Olá, cálice sagrado!

A Fortune está convencia que o YouTube – e não o Google Music – vai ser o lar do suposto serviço de música. Uma assinatura para ouvir músicas via streaming teria o benefício de também remover anúncios do YouTube. Nós não sabemos exatamente qual o formato que o serviço teria, mas o YouTube, que pertence ao Google, confirma que está considerando assinaturas como uma fonte de receita.

Mas considerando o quão irritantes são os anúncios do YouTube, eis a questão: você pagaria para não assistí-los, assim como paga para um Pandora sem publicidade? Qual seria o preço ideal? [Fortune e The Guardian]