Estamos a alguns dias da Worldwide Developers Conference da Apple, o que significa que os rumores e boatos vão surgir a todo vapor. Vamos dar uma olhada nas possibilidades e tentar separar o que deve ser fato do que deve ser ficção.

O novo iPhone será anunciado?

Desde que a próxima geração do iPhone foi revelada, houve especulação de que isto iria fazer a Apple adiantar o anúncio do aparelho, em vez de divulgá-lo no tradicional keynote do Steve Jobs na WWDC. Mas parece que a Apple não se apressou, então espere ver o próximo iPhone ser anunciado oficialmente no dia 7 de junho.

Probabilidade: 100%.

O novo iPhone terá videochat?

Com quase toda certeza sim, dado que o novo iPhone tem uma câmera frontal e o iPhone OS 4 tem um código para chat em vídeo e em grupo. A pergunta de verdade é se o videochat só poderá ser feito via Wi-Fi, algo que foi indicado no SDK do iPhone OS 4 Beta 2. Honestamente, eu não acho que me importaria, dado que isso iria acabar com a rede já sobrecarregada da AT&T, e agora que os planos de dados ficaram menos desvantajosos.

Probabilidade: 90% para videochat apenas via Wi-Fi; 20% para videochat também via 3G

A parte de trás do aparelho vai detectar gestos multitoque?

A maior parte do hardware no iPhone já é conhecida, mas o material usado na parte de trás ainda está sujeito a debate. O material de vidro/plástico/cerâmica na parte lisa de trás foi usado para aumentar a recepção de sinal? Ou ele vai detectar gestos multitoque para controlar melhor as músicas e apps? Não houve muito que sustentasse essa teoria, só pura especulação, então até seria uma boa surpresa, mas eu não apostaria muito nela.

Probabilidade: 20%

O novo iPhone chegará às lojas dos EUA no mesmo dia do anúncio?

O blog Mashable e outros especularam que o próximo iPhone será vendido simultaneamente com o anúncio. Isso com certeza quebraria a tradição: geralmente, a Apple lança seus celulares no fim de junho/começo de julho nos EUA. O iPhone original chegou às lojas em 29 de junho de 2007, o 3G chegou em 11 de julho de 2008, e o 3GS chegou em 19 de junho de 2009. E as últimas ações da AT&T, operadora americana que tem exclusividade na venda do iPhone – bloqueando férias de funcionários este mês e adiantando para 21 de junho a data para troca de aparelho – com certeza indicam um lançamento por volta desse período. Então o lançamento pode ser levemente adiantado, mas não deve rolar de comprar um iPhone semana que vem.

Probabilidade: 10%

Veremos uma nova Apple TV?

Há rumores de que a Apple TV receberá uma renovação em breve: processador e sistema operacional do iPhone 4, streaming de vídeo em 1080p, armazenamento flash de 16GB, US$100 no varejo. Mas! O mesmo boato diz que a Apple TV não fará parte da WWDC – só que eu geralmente prefiro rumores por atacado.

Probabilidade: 30%

Teremos uma iTunes.com, com streaming e sincronização de músicas?

Este é um pouco complicado. Nós sabemos que a Apple quer colocar o iTunes na nuvem desde que eles compraram o Lala, serviço de streaming de música, em dezembro. E como o Lala foi fechado em 31 de maio, e a Apple registrou recentemente a marca iTunes Live, há bons sinais de que a iTunes.com seria anunciada na WWDC. Mas nem tudo depende da Apple, e até abril as negociações com as gravadoras estavam num impasse. Então o que aconteceu desde então? Bem, se as bem-sucedidas negociações de última hora com editoras de livros indicam alguma coisa, é que faz sentido apostar que Jobs conseguiu fechar negócio com as gravadoras também.

Probabilidade: 70%

Veremos um novo MacBook Air?

As evidências de um novo MacBook Air são circunstanciais, mas é o tipo certo de circunstancial. Ele não recebe hardware novo desde junho do ano passado, então já passou da hora de renová-lo, principalmente comparado aos irmãos Pro. Os rumores vêm aparecendo de forma mais regular. Mas o ponto da virada pode ter sido semana passada, quando a Intel finalmente anunciou as versões ULV (voltagem ultrabaixa) dos seus processadores Core i7, voltados para laptops ultrafinos. Faz sentido assumir que o MacBook Air não foi atualizado porque não havia nada para atualizá-lo. Agora que há, a Apple deve fazer isso.

Probabilidade: 80%

Veremos um novo Mac Pro?

A história do Mac Pro é basicamente a mesma do MacBook Air: já passou da hora de renová-lo, boatos vêm surgindo, processadores novos chegando – neste caso o Xeon de seis núcleos. Então a chance de vermos um novo Mac Pro deve ser a mesma que para o MacBook Air.

Probabilidade: 80%

O Safari finalmente vai receber extensões?

O John Gruber, do Daring Fireball, tem um histórico muito, muito bom de prever lançamentos de novos produtos da Apple. E apesar de ele não ter dito explicitamente que a Apple iria apresentar uma API para extensões na WWDC, ele sugeriu fortemente essa possibilidade na semana passada. E isso faz sentido: a falta de extensões no Safari, presentes no Chrome e Firefox, é algo que a Apple quer abordar – e a WWDC seria a hora e lugar ótimos para isso.

Probabilidade: 70%

O Steve Ballmer vai estar lá?

Analistas dizem cada coisa! Tipo o analista da Global Equities Research, Trip Chowdhry, cuja especulação de que o Steve Ballmer poderia aparecer na WWDC foi prontamente desmentida pela Microsoft. Apesar de não ser completamente loucura – afinal, o Bill Gates apareceu na MacWorld em 1997 – isto só vaia acontecer se o Steve Ballmer decidir tomar o palco à força. Bem, tudo é possível!

Probabilidade: 0,001%