Mais de um ano depois do lançamento americano, em julho de 2016, o Xbox One S finalmente chega ao Brasil. Ele está disponível já nesta sexta (22) por R$ 2.199 e vem acompanhado de um jogo.

>> Marinha americana usa controles do Xbox 360 em seus submarinos mais avançados

>> O Gizmodo agora tem um plugin de descontos! Hora de instalar (e economizar)

Ele será vendido na forma de dois bundles, cada um com um jogo distinto: Forza Horizon 3 ou Minecraft. No entanto, a versão slim do Xbox One a ser lançado no Brasil é a mais simples de três disponível nos Estados Unidos, com apenas 500 GB de armazenamento — nos EUA é possível escolher outras duas opções, mais caras, com armazenamento de 1 ou 2 TB.

A novidade foi feita por Willen Puccinelli, gerente de produtos do Xbox no Brasil, durante uma apresentação na área de games do Rock in Rio, segundo informações do The Enemy.

O Xbox One S é 40% menor que o Xbox One original, oferece suporte a HDR e bluerays em 4K (no entanto, é necessário uma boa televisão 4K para fazer uso dessa função). O console oferece também uma pequena melhoria de performance com memória GPU e CPU melhores. Gears of Wars 4, por exemplo, roda com mais quadros por segundo no Xbox One S do que no original, segundo informações da Polygon.

Sem Kinect

O novo modelo foi o primeiro sinal que a Microsoft estava pronta para abandonar o Kinect, a barra de sensor de movimentos do aparelho. Vendido em conjunto com o Xbox One, o modelo slim nem mesmo tem a entrada própria para o dispositivo Além de comprá-lo separadamente, donos do novo Xbox One S também terão de adquirir um adaptador USB para usar o Kinect.

Biblioteca pobre

O Xbox One vem apresentando problemas com sua biblioteca de exclusivos desde o lançamento, com títulos medíocres ou até mesmo cancelados, como foi o caso de Fable Legends e Scalebound.

Para o fim do ano, a empresa recebe exclusivamente Forza Motorsport 7, e exclusivamente para consoles (ele também estará disponível para PC) Cuphead, um bullet hell que mais parece um desenho animado.

PlayerUnknown’s Battlegrounds, o maior sucesso do Steam em 2017, chegará primeiro para consoles no Xbox One S até o final do ano — a exclusividade, no entanto, é temporária e um lançamento para PS4 deve ser anunciado em seguida.

O console também receberá grandes títulos multiplataforma ainda este ano, como Assassin’s Creed Origins, The Evil Within 2, Middle-Earth: Shadow of War, South Park: A Fenda que Abunda Força, Wolfestein II: The New Colossus, entre outros.

Usuários também podem se inscrever no Xbox Game Pass, uma espécie de Netflix de jogos que oferece mais de 100 títulos por R$ 30 ao mês.

Xbox One X

Porém, a Microsoft lança no final deste ano o Xbox One X, descrito pela companhia como o console mais poderoso já lançado. No mesmo patamar que o PS4 Pro, o Xbox One X roda os mesmo jogos desta geração, mas com uma performance muito melhor — menos loadings, em 4K e com uma maior quantidade de quadros por segundo.

Será que vale a pena investir no Xbox One S se uma versão melhor será lançada em breve? Para responder isso, é preciso avaliar o seu perfil de usuário: para tirar total proveito do X é preciso ter uma TV 4K, que não são lá muito baratas. Além disso, os jogos para o Xbox One X oferecerão a possibilidade de baixar pacotes de texturas com melhor resolução, mas elas podem beirar os 100 GB. Então, além da TV, é preciso também ter uma internet muito boa.

A poderosa versão chega aos Estados Unidos em 7 de novembro por U$ 500. Ela não foi anunciada no Brasil