O YouTube leva as regras de direitos autorais a sério, mas eles têm tanto medo de irritar alguém – e de serem processados – que eles até removem vídeos oficiais. Ontem, um cara enviou uma notificação falsa, que acusava  a conta oficial do Justin Bieber no Vevo de violar direitos autorais, e o YouTube tirou a página dele do ar.

Ele afetou mais que pequenas Beliebers, no entanto. O iLCreation abriu notificações falsas contra a Lady Gaga, Rihanna, Bruno Mars e outros artistas, e alguns dos vídeos deles foram retirados imediatamente também. Como isso aconteceu? Bem, o YouTube nem precisou ver outra forma de verificação, para checar se o iLCreation tinha mesmo o direito de exigir a retirada do conteúdo.

O Vevo, colaboração entre a Universal Music e o YouTube, emitiu esta nota:

Alguém está enviando notificações de copyright falsas contra os canais do Justin Bieber e Lady Gaga, e por isso o YouTube bloqueou o acesso aos vídeos. Estamos trabalhando com o YouTube para resolver isto o mais rápido possível.

Foram algumas horas até os vídeos voltarem, mas é incrível que eles simplesmente permitiram a retirada. O pior é que mesmo contas oficiais violam direitos autorais, quando postam apresentações do artista gravadas por uma rede de TV, por exemplo. Ainda assim, é loucura. [DMW Media via Geekosystem; imagem via Popblerd]