por Bruno Izidro

A E3 sempre foi a época para ficarmos sabendo dos games que vamos querer jogar nos próximos meses (ou anos). A edição de 2015 não foi diferente e vimos pela primeira vez jogos já esperados, como o novo Doom, sendo mostrados de fato, além de conhecermos coisas completamente novas e interessantes, como Horizon: Zero Dawn e Unravel.

O problema é que ainda vamos esperar um bocado até podemos jogar boa parte deles, já que muitos estão previstos só para 2016. Por sorte, outros títulos também interessantes mostrados na E3 já vão ser lançados logo logo e, por isso, escolhemos aqui dez desses jogos que vão nos deixar bastante ocupados até o fim de 2015.

Metal Gear Solid V: The Phanton Pain 

Para PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One (1º setembro) e PC (15 de setembro)

age_bg_tpp

Deixando de lado todas as tretas internas da Konami e a importância que o jogo ganhou por ser o (provável) último Metal Gear feito pelo criador Hideo Kojima, é muito bom ver que, nessa E3, The Phantom Pain ganhou os holofotes por aquilo que interessa: ele parece um ótimo jogo.

Metal Gear Solid V não apareceu em nenhuma grande conferência, mas durante a feira foi divulgado um vídeo mostrando consideráveis 40 minutos de gameplay, representando a demo que estava disponível por lá.

Já tivemos um gostinho do que Metal Gear pode ser em um mundo aberto com Ground Zeroes, agora parece que tudo será expandido e se tornará mais agradável de se jogar.

Super Mario Maker

Para Wii U (11 de setembro)

super-Mario-Maker

Até a E3 desse ano poucos davam atenção a esse jogo que, basicamente, permite criar fases baseadas em Mario. Foi então que durante a Nintendo Champioship, que rolou pouco antes da E3, o verdadeiro potencial de Super Mario Maker foi mostrado.

É verdade que as fases do Nintendo Champioship foram feitas pelos próprios desenvolvedores da Nintendo, o que faz com que elas sejam bem profissionais, mas todos foram criados usando os recursos do jogo, mostrando o quanto Super Mario Maker pode ser fantástico.

Apesar de querer despertar o Miyamoto dentro de cada um, o que mais empolga mesmo é a possibilidade de jogar fases insanas e com ideias originais dos jogadores mais criativos, já que será possível compartilhar suas fases com todo mundo. Parece que o jogo do Mario definitivo do Wii U vai finalmente aparecer e, ironicamente, pode ser que ele não seja totalmente criado pela Nintendo.

Soma

Para PC e PS4 (22 de setembro)

1477985_10155505534930441_8753421170108317013_n

Se o nome Amnesia: The Dark Descent lhe causa um frio na espinha, Soma é o jogo para você ficar de olho. Feito pelo mesmo estúdio, a Friticional Games, ele promete entregar o mesmo clima de horror.

Na E3, o jogo apareceu rapidamente na conferência voltada para jogos de PC (uma das mais fracas, por sinal), mas pouco antes do período da feira um vídeo de mais de 10 minutos de gameplay foi divulgado.

Soma se passa em uma estação no fundo do mar (Bioshock?) e possui também elementos de ficção científica (Alien: Isolation?). Já é o suficiente para pelo menos criar curiosidade por ele.

Halo 5: Guardians

Para Xbox One (27 de outubro)

halo5

Um dos principais lançamento para Xbox One nesse ano, o novo jogo de Master Chief foi um dos destaques da conferência da Microsoft na E3. Muitas informações foram reveladas durante os últimos meses, mas foi na feira que vimos os vários modo de jogo em ação.

A começar pela campanha principal, que poderá ser jogada tanto single player quanto co-op (online ou local).

O animador é que esse novo jogo da série parece unir elementos de Halo 2 (o fato de ter dois protagonistas) com Halo: Reach (por estarmos em esquadrões de Spartans), os dois melhores da série. Há também o multiplayer, claro, e na feira foi mostrado o novo modo “Warzone”, com possibilidade de jogo player vs player ou players contra IA.

Rise of The Tomb Raider

Para Xbox One e Xbox 360 (10 de novembro)

ROTTR3

Outro grande exclusivo do console da Microsoft (mesmo que temporariamente), a continuação do “reboot” da série lançado em 2013 parece ser bem mais ambiciosa e com cenários variados. O que foi mostrado de Rise of The Tomb Raider na E3 também confirma duas coisas: que o jogo está bonito e que a Lara Croft ainda vai sofrer um bocado.

Com Uncharted 4: A Thief’s End adiado para 2016, Rise of The Tomb Raider se torna o jogo ideal para quem está atrás de algo mais voltado para o lado da aventura e cheio de momentos grandiosos.

Fallout 4

Para Xbox One, PS4 e PC (10 de novembro)

10513281_10153359450747673_632154961811111695_n

Um daqueles tipos de jogos que “consomem vidas”, Fallout 4 saiu da E3 2015 sendo um dos títulos mais aguardados para o fim do ano. A empolgação não é pra menos, já que o que foi mostrado por lá dá todas as dicas de que ele será memorável.

Fora todo o universo e ambientação para matar as saudades de quem ficou horas e horas com Fallout 3 e New Vegas, a Bethesda parece que ajeitou as mecânicas de tiro tão criticadas dos jogos anteriores.

Isso, aliado as novidades de poder criar sua própria comunidade, opções de customização dignas de The Sims e um mapa enorme para se explorar, tem tudo para fazer de Fallout 4 uma experiência única.

Star Wars Battlefront

Para Xbox One, PS4 e PC (17 de novembro)

featuredImage.img

Eu não sou lá muito fã de jogos só focados em multiplayer, mas não tem como não ficar empolgado com Star Wars Battlefront. Pode ser o lado fã da obra de George Lucas falando mais alto? Talvez. Será porque reviver a batalha de Hoth e ainda poder ser um Jedi nunca fica chato? Com certeza.

Star Wars Battlefront poderá ser jogado online ou off-line (com bots), mas infelizmente não terá nenhum tipo de campanha solo. O intuito é oferecer a melhor experiência multiplayer de um jogo da série, tanto competitivo ou com modos co-op.

Um ponto negativo é que o jogo não terá batalhas espaciais, mas seja a pé, no ar ou com a Força, Battlefront está se mostrando o jogo que mais periga bater de frente com o todo poderoso Call of Duty esse ano, algo que a outra série de tiro da EA, Battlefield, não conseguiu.

Star Fox Zero

Para Wii U (fim de 2015)

10384465_851919034892551_1534934086846847624_n

Um dos jogos mais aguardados da Nintendo para a E3 desse ano (já que o novo Zelda foi adiado) era o novo Star Fox e a apresentação trouxe uma espécie de reimaginação do clássico jogo de Nintendo 64.

Batizado de Star Fox Zero, o jogo usa vários elementos clássicos da série, como o foco em outros veículos fora as naves, e também implementa funções para o Gamepad do Wii U, que pode ser usado para se ter uma visão interna.

No vídeo abaixo, vemos Star Fox Zero na demo que estava na E3 sendo jogada ao vivo (a partir de 2min30 seg).

Uma novidade é que a Platinum – criadora de Bayonetta, Vanquish e outros jogos excelentes, também está envolvida no desenvolvimento. Mesmo com um visual que pode deixar um pouco a desejar (até mesmo para os padrões do Wii U), por ele ser baseado em um dos maiores clássicos de Nintendo 64, só é possível esperar coisa boa vindo daí.

Superhot

Para PC, Mac, Linux e Xbox One (fim de 2015)

Untitled-2

É sempre legal quando vemos um jogo que consegue trazer um conceito diferente para uma gênero já quase batido. Superhot faz isso com os FPS ao adicionar um pequeno detalhe que muda todo o jogo: ele só acontece se você se movimenta.

Criado por um estúdio polonês e financiado pelo Kickstater, Superhot chamou bastante atenção por essa mecânica inovadora que faz com que ele seja mais um jogo de puzzle e estratégia do que verdadeiramente um shooter. Superhot Também é mais um jogo exclusivo – nos consoles – de Xbox One.

Quem quiser, pode jogar de graça o protótipo que está no site do jogo e que roda no próprio browser (só funciona no Firefox ou Opera).

Below

Para PC e Xbox One (2015)

below

Mais um indie, mais um para Xbox One. Below, na verdade, está no radar de muita gente desde quando foi anunciado em 2013, na própria conferência da Microsoft na E3 daquele ano. Ninguém sabia direito sobre o que ele se tratava, mas a atmosfera do jogo já deixava todos intrigados.

Na E3 desse ano, prestes a ser lançado, o estúdio Capybara acabou mostrando mais de Below. Ele fez uma participação tímida na apresentação da Microsoft, mas foi melhor mostrado, com gameplay e tudo, em uma entrevista no YouTube.

Sim, Below fica cada vez mais interessante, principalmente depois do que foi mostrado e falado, uma opção mais do que certa para donos de Xbox One.

e3-logo

Um ponto interessante dessa lista é perceber o quanto os donos de Xbox One estão bem servidos de jogos, seja de indies ou de AAA, isso sem contar com relançamentos que vêm por aí, de Gears of War a um pacotão de clássicos da Rare. Para quem tem um PS4 o jeito é se contentar com os multiplataforma, que também não deixam nada a desejar. Até mesmo o Wii U, que pode estar vivendo seus últimos momentos com a chegada da tal nova plataforma “NX” da Nintendo, está com bons jogos.

Em uma E3 em que tivemos o retorno de The Last Guardian, o anúncio do remake de Final Fantasy 7 e a vinda de Shenmue III, é bom saber também vamos ficar bem ocupados com esses jogos que chegarão nos próximos meses.