O que é fotografia abstrata? Nós poderíamos discutir as nuances da definição o dia inteiro – como muitos fazem. Mas é bem mais divertido apenas olhar para as fotos que desafiam a mente do Desafio Fotográfico desta semana, não é mesmo?

Você pode obter todas estas imagens em tamanho para papel de parede no Flickr.

Foto inicial – Triângulo azul perfurado

Nikon D3000, lente 55-200mm, ISO 100. Estou fazendo intercâmbio na Finlândia e a casa da minha família hospedeira tem vários ângulos estranhos, então tentei encontrar alguns que parecessem abstratos. Não sou muito bom em fotografia abstrata, eu saí de casa por umas dez horas tentando tirar fotos abstratas mas não consegui tirar boas fotos.

-Dustin Chan

Luta noturna

Canon EOS 7D, 1/20, F/5.0, lente Canon 50mm 1/8, ISO 800. Bem, nós temos um cachorro bobtail velhinho que adora sair de casa e rolar na grama. Como a maioria sabe, verão é temporada de pulgas, então compramos um mata-pulgas para pegar todas as que ele traz para dentro de casa. À noite, o deixamos ligado quando vamos dormir, e percebemos que a vista de cima era bem legal.

-Dino Lie

Esfera/circunferência

Nikon D5000, lente AF-S 18-105 VR, 1/30s, 105 mm, f/16, ISO 200. Isto é um anel girando. As luzes de neon em um cômodo criaram o efeito cascata. Eu tive a ideia quando minha namorada estava brincando com o anel dela. Primeiro eu tirei a foto em um jantar, para mostrar a meu amigo que eu consigo fazer boas fotos em uma condição ruim de luz sem usar a lente f/1.8 dele. Depois, tirei a foto de novo, em uma mesa branca e com mais luz. Ficou boa o suficiente, então enviei.

-Janez Kos

Escala de cores

Canon EOS 50D, lente EF50 mm f/1.8 II, 1/500s, f/1.8, ISO 100. Primeiro eu pensei que o tema "abstrato" era bem difícil. Eu estava procurando por alguma parte abstrata de um edifício, mas não conseguia encontrar nada adequado. Então eu comprei uma câmera nova para substituir minha velha EOS 350D e comecei a tirar algumas fotos de teste na nossa sacada. E de repente encontrei meu motivo abstrato. É um sino de vento.

-Maren Ko

Microcircuitos? Não

Canon EOS Rebel XSi, lente EF-S 18-55mm, f/5.6 a 1/100 ISO 400, distância focal 34mm

Este é um tapete molhado que eu enrolei um pouco para dar a curvatura. Eu mudei a saturação, temperatura e exposição um pouco no iPhoto.

-Chris Thompson

Túnel

Canon 5D, lente 16-35 mm II, ISO 400. Esta foto pode ser vista como um túnel de luz, ou um logotipo do Homem-Aranha, quem sabe a conexão das linhas crie a explosão de luz… Na verdade, é um estacionamento na França.

-Ha Duy Long

Espaço úmido

Feita com uma Canon PowerShot S90, 1/125s e f/4.9, ISO 100. Contraste e saturação modificadas no Paint.NET. Uma mancha de óleo em Puget Sound, em parte coberta pela sombra do píer. E, na direita, um céu estrelado com alguns planetas com semianéis.

-Brian Hall

Sequência de sofás

Panasonic DMC-FZ30 no meu tripé, ISO80, exposição 1/10s, F2.8. Bem, eu estava andando pela minha casa depois de ler seu artigo sobre o concurso de fotos. Eu queria algo que fosse extremamente detalhado e ao mesmo tempo simples… Depois de procurar objetos e tirar muitas fotos terríveis, eu fiquei na frente da TV e liguei. Era tão simples – a solução estava direto na minha cara. Então sim, eu tirei muitas fotos macro dos pixels da minha TV enquanto ela estava ligada, usei posterização para ver os pixels, incrementei as cores e voilà!

-Philippe Raymond

Lanterna Verde

Canon T2i, 50mm, f/1.8, iso 100. Terminei minha cerveja e tirei uma foto do sol através dela. Sem pós-processamento.

-Sam Marusich

Para encontrar a abstração

Canon EOS XTi, 50mm, 1/60s a f/20 ISO 100. Esta abstração se trata mais das linhas e o espaço negativo do que da obscuridade do ponto focal. Você precisa esquecer a ideia de que esta é uma foto de um poste telefônico e ver as formas.

-Scott Alberts

VENCEDOR – Na Roda da Fortuna

Nikon D90 com lente 18-200 VRII, lanterna Insight Tech Gear HX200, tripé Manfrotto 7301YB, 200mm f/5.6, exposição 500ms, ISO400. O sujeito desta foto é o cano de exaustão do meu carro. Eu inverti o tubo vertical no tripé para pendurar a câmera embaixo, e a alinhei diretamente com a saída de exaustão. Eu limpei a borda rapidamente e a umedeci, para que refletisse melhor a luz. Usei uma lanterna (ridiculamente brilhante) para iluminar o chão entre a câmera e o carro, para que a difusão de luz não iluminasse muito o carro, mas a borda do cano de exaustão refletisse o anel exterior. Eu experimentei com a exposição no modo manual para capturar apenas o anel.

[Nota do editor: Eu achei demais isso, que de uma das invenções mais impressionantes e bem-acabadas da humanidade – o automóvel – sobrou apenas uma das formas básicas mas fundamentais: a circunferência.]

-Ryan Powers

Você pode obter todas estas imagens em tamanho para papel de parede no Flickr.


Trabalhos fantásticos por toda parte! E enquanto muitos ainda podem dizer que não entendem a ideia de arte abstrata – de fato, o próprio conceito é um pouco abstrato – eu acho que a maior parte das fotos entrou com coragem no gênero, e de maneiras diferentes. Bem, se você ainda estiver procurando uma definição para deixar você satisfeito com o termo "fotografia abstrata", eu achei este ensaio sobre arte abstrata que achei bem fantástico. Claro, ele talvez só dê mais nós no seu cérebro. Mas isso é bom, certo?

E, se você curte os Desafios Fotográficos, talvez se interesse no meu novo site, Life, Panoramic.

Galeria 1 (clique aqui para ver todas as fotos em uma só página)

Galeria 2 (clique aqui para ver todas as fotos em uma só página)

Galeria 3 (clique aqui para ver todas as fotos em uma só página)

Você pode obter todas estas imagens em tamanho para papel de parede no Flickr.