Duzentos metros! É o tamanho de um prédio de 54 andares. É tamanho de mais de cem homens um sobre o ombro dos outros. Em outras palavras, é enorme. Mas precisa ser tão grande?

Bem, por que construir três turbinas eólicas de 2MW quando se pode construir uma só de 7.5MW, com um terço do preço de manutenção? Foi nisso que os engenheiros da alemã Enercom pensaram quando decidiram construir a massiva E-126.

Feita de aço tubular, a turbina eólica E-126 tem praticamente 200 metros de altura até a ponta da sua pá mais alta e gera energia o bastante para alimentar 5.000 residências alemãs, desenhando um enorme círculo de 126 metros de diâmetro – apenas mais dois metros, e seria o recorde mundial. A adorável mocinha pesa 6.000 toneladas, incluindo a base de concreto. As gigantescas pás não geram muita turbulência nem fazem barulho demais, graças a pontas especialmente projetadas para minimizar ruído.

A turbina também não tem nenhuma espécie  câmbio, que é normalmente usado para aumentar as RPMs do eixo de transmissão levando em conta as condições do vento. Em vez disso, o eixo de transmissão se conecta diretamente ao gerador (que fica no cone do nariz da turbina) e usa dois rolamentos de movimento lento para ajudar a regular a velocidade. Isso minimiza o número de peças que eventualmente precisarão ser substituídas e também limita as pás a uma rotação máxima de 12 RPM (uma a cada cinco segundos), que deve ser o suficiente para poupar qualquer pássaro que não seja extremamente sensível – um problema normalmente comum da energia eólica.

As E-126s foram instaladas primeiro em Emdem, Alemanha, em 2007, e atualmente só há 24 delas em operação. Mais 150 serão iniciadas quando a usina eólica Markbygden de 4GW, na parte norte da Suécia, for terminada em 2020. Só para comparação. Você tem uma noção do quanto é 4GW de potência? As usinas nucleares brasileiras de Angra 1 e Angra 2 têm, respectivamente, potências de 657MW e 1300MW. Ou seja: 4GW é mais que o dobro das duas somadas. Uau. [via Enercon E-126 Wiki – Wind Turbine Wiki – Enercon – MetaEfficientAngra 1Angra 2]