Na próxima quarta-feira (6), o Brasil pode ter sua primeira capital com a tecnologia 5G. Segundo disse o conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Moisés Moreira, em entrevista ao G1, Brasília receberá a quinta geração de internet móvel ainda esta semana.

Segundo Moreira, que preside o Gaispi — o Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência, que coordena a chegada do 5G no país — uma reunião para liberar a ativação do 5G acontece nesta segunda-feira (4).

Moreira disse à reportagem do G1 que, ao que tudo indica, a chegada do 5G deve acontecer sem grandes percalços. “A EAF [entidade administradora de faixa] implantou todos os filtros necessários, fez testes o fim de semana todo, está tudo certo. Será aprovado, não há motivo para não aprovar”.

Em princípio, a expectativa era que, até 31 de julho, todas as capitais brasileiras tivessem o 5G instalado. Mas dificuldades logísticas adiaram o plano, e o prazo foi estendido até 29 de setembro.

Moreira afirmou que a capital mineira de Belo Horizonte deve ser a próxima da fila a ter o sinal disponibilizado para o 5G. Depois virá Porto Alegre — em São Paulo, isso acontece até o final do mês.

Uma nova reunião do Gaispi no dia 13 de julho vai decidir a liberação do 5G nessas e, possivelmente, em outras capitais.

Tire suas dúvidas sobre a tecnologia 5G, clicando aqui.