Drones (veículos aéreos não tripulados) são usados por militares para atacarem alvos na surdina e por dependerem de poucos homens para serem operados, pouco é relatado sobre eles. Um app para iPhone como o Drones+, que lhe envia notificações toda vez que um drone ataca, parece uma boa ideia dentro dos limites de transparência do governo. Infelizmente, a Apple discorda.

No intervalo de um mês, o blog Danger Room, da Wired, diz que a Apple rejeitou o app três vezes, dizendo ao desenvolvedor Josh Begley que o app é “repreensível”, “rude” e “inútil”. E a parte esquisita é que ele é apenas um mapa com algumas palavras.

“Begley está confuso. O Drones+ não apresenta imagens macabras ou cadáveres deixados após o ataque dos drones. Ele apenas diz aos usuários quando um ataque ocorreu, a partir de um banco de dados de ataques disponível publicamente e compilado pelo Bureau de Jornalismo Investigativo do Reino Unido.”

Os motivos da Apple parecem mudar a cada vez que Begley submete o app e a consistência deles é questionável. Por que a Apple se oporia a esse app é algo não só bizarro, é complicado. Para ler mais, siga o link  ao lado (em inglês). [Wired]