A CES 2013 é um dos maiores palcos de tecnologia do mundo e as empresas automotivas não poderiam perder a oportunidade de mostrar que continuam sendo legais, mesmo em uma sociedade que cada vez mais prefere o uso do transporte coletivo e meios ecológicos para se deslocarem.

Como eles não conseguem vender 80 milhões de carros por ano apenas para entusiastas é necessário convencer as pessoas comuns de que carros continuam sendo legais, e convencendo repórteres de tecnologia é um bom caminho. Vamos ver o que eles tem feito, na visão de um entusiasta automotivo com um pé em tecnologia.

Hyundai CES

A Hyundai continua tentando marcar sua imagem como uma montadora inovadora e capaz de concorrer com as gigantes americanas e alemãs, para isso levaram para a CES seus protótipos e sistemas de infoentretenimento automotivo. Eles começaram anunciando a integração de seu sistema de GPS com a API do Google Maps, algo que outras marcas já fizeram no passado. Eles também mostraram diversos sistemas de integração com smartphones, além de muitas telas, hotspots Wi-Fi, 3G. Bluetooth e mais algumas siglas de sistemas eletrônicos.

Hyundai CES

Além disso eles levaram o Veloster Turbo para o evento, afinal precisavam mostrar algo que as pessoas pudessem comprar sem que tivessem que esperar alguns anos. O carro que é muito mais interessante que a versão vendida no Brasil alia o visual moderno e o conceito de três portas usado na Kombi a um bom motor 1.6 turbo que provavelmente nunca vai chegar aqui.

Hyundai CES

Eles aproveitaram a feira para mostrar um possível futuro no design de carros, com o HND-6, mais conhecido como Hyundai Blue2 (que mesmo assim não é muito conhecido). O exterior é mais uma visão da “escultura fluída” que a Hyundai tenta vender ao mundo, a cor é o branco que está na moda e que a Caoa tenta nos cobrar a mais por ela. O interior tem linhas brilhantes que me lembram o filme Tron, além de um painel digital, algo que está se tornando um padrão e que na visão dos puristas é um dos sinais da decadência, mas quem se importa? O número de puristas é pequeno. É interessante notar que no conceito apresentado em Las Vegas a Hyundai optou pelos emblemas dos veículos mais luxuosos da marca.

Dodge CES

A Dodge levou para a feira seu sistema de Uconnect, um sistema de infoentretenimento que hoje pode ser considerado um dos melhores existentes. Antes da aquisição do grupo Chrysler pela Fiat a empresa estava rumo ao buraco, com motores defasados e tecnologias ruins.

Agora o grupo se une a diversas empresas da moda e coloca em seus carros sistemas modernos e de ótima qualidade, como o sistema de som Beats by Dr. Dre que ganhou elogios da imprensa. Além disso eles levaram um Dodge Charger Pursuit, um dos carros que eles levam para absolutamente todos os eventos em que comparecem no universo, mas por que fazem isso? Não importa, parece justo mostrar um carro com cara de mau e com luzes brilhantes, adoramos esse tipo de coisa.

Sony CES

A Sony optou por seguir o caminho mais ortodoxo e levar um carro modificado com produtos da marca. No caso um Mercedes-Benz CLS de primeira geração, só não sabemos se é a versão nervosa da AMG graças a enorme lista de modificações feitas. A marca levou seus sistemas de som automotivo, daqueles que o ladrão adora levar e que está caindo em desuso graças aos sistemas de fábrica. A Sony não deve estar preocupada com isso, afinal eles fazem os sistemas de fábrica de diversas montadoras.

Sony CES

O CLS em questão tem uma cor bem interessante e que eu tenho tendência de gostar (Procurem por Plum Crazy no Google e vão entender).

Lexus CES

A Lexus tentou convencer os amantes de tecnologia que carros podem ser mais seguros do que andar de bicicleta ou metrô. Em seu cantinho mostraram tecnologias para evitar acidentes, coisas que incluem lasers (não dos que atiram), câmeras e vários sensores, coisas que ajudam os motoristas de hoje a não matar ninguém enquanto insistem em enviar mensagens enquanto dirigem (sim, tem gente que faz esse tipo de estupidez).

Lexus CES

Eles também levaram um Lexus CT 200h, um híbrido de luxo, modificado. O carro tinha um objeto estranho no porta-malas, algo que eles diziam fazer parte do sistema de som, mas nós acreditamos que possa ser uma espécie de bomba de pulso-eletromagnético.

CES

CES

Outras empresas de som também mostraram outros objetos estranhos que nós fizeram pensar que estávamos na SEMA, como essa Chevrolet Silverado com um aparente subwoofer, mas que também poderia ser uma tocha olímpica.

Ford CES

A Ford optou por mostrar absolutamente tudo que fizeram nos últimos anos e que pretendem fazer nos próximos. Isso inclui seus sistemas de conexão com smartphones, chamado SYNC, criado em parceria com a Microsoft e que começou sendo uma porcaria, mas hoje é incrível.

A Ford também mostrou seus veículos elétricos e híbridos, que graças  ao amável governo americano e seus incentivos, se tornaram viáveis. Mas provavelmente o mais legal para os fãs de carros foi o setor de motores EcoBoost, os motores turbo da Ford e que tinha um belo exemplo de aplicação, um Formula Ford EcoBoost com 1.0 com mais de 200 cavalos e que pode andar nas ruas. Um carro de corridas para a rua, bem interessante, só não esqueçam de nos convidar para testar.

CES

CES

O que não faltou na parte de veículos foram carros vindos da SEMA, mas tudo bem. Esse Ford da década de 50 modificado ao estilo dos caças da Segunda Guerra Mundial ficou bem interessante e aparentemente o dono derrubou muitos inimigos.

CES

Aparentemente temos bombas dentro desse também.

CES

Mais um que fugiu da SEMA, um carro de golfe para atrapalhar a concentração de seus oponentes.

CES

E outro carrinho de golfe, esse para caso você fique entediado enquanto espera sua vez, tem um Xbox 360 ali.

CES

A Audi quis ser diferente e levantou paredes (ok, um pano) ao redor de suas novidades. Para o evento eles levaram um Audi RS5 conversível, afinal é um carro legal e um Audi R18 híbrido, o carro que ganhou as 24 Horas de Le Mans de 2012 entre todas as categorias.

O carro de corrida híbrido é um dos melhores exemplos de laboratório móvel do setor automotivo, as versões que o antecederam geraram conhecimento suficiente para a Audi criar ótimos motores a diesel, que na Europa são muito presentes e graças a um diesel decente, e diferente do brasileiro, poluem menos do que a gasolina. Notem como os europeus são preocupados com o meio ambiente, será um peso na consciência por terem destruído várias florestas do continente?

CES

A Audi também mostrou um dos sistema mais interessantes de toda a feira, um carro que dirige sozinho em garagens. O carro te deixa na porta e caminha até a vaga, já falamos disso no Jalopnik.

CES

CES

Outro que saiu da SEMA e foi para a CES, dessa vez de uma empresa de pintura.

CES

Diversas marcas não relacionadas a tecnologia também apareceram, como em todo evento que existe, empresas de bebidas e energéticos estão presentes. Provavelmente como ficaria estranho ficar ao lado de empresas como LG, Samsung, Intel e afins eles optaram em ficar perto das tecnologias automotivas, chamando a atenção com um Chevrolet Camaro ZL1 modificado e com uma cor berrante.

Minha conclusão em relação a indústria automotiva e sua necessidade de se aproximar dos amantes de tecnologia é positiva. Eu acredito que nos últimos anos as grandes montadoras aprenderam a se unir com outras empresas que já entendem do assunto, mas principalmente eles aprenderam a ouvir, sim o setor mais arrogante que existe aprendeu a ouvir os compradores e isso é lindo. Não acredito que a tecnologia seja prejudicial aos veículos, no início podemos torcer o nariz, achar estranho ou simplesmente cruzar os braços e virar de costas, mas com o tempo vamos entender que as mudanças vem para melhorar nossa condução, nossa segurança e nosso prazer. Para os que se afastaram dos carros isso pode ser o início de um novo interesse, mesmo que seja apenas para ir de um ponto até outro. Mas para a indústria isso é a provável salvação de um setor que gera milhares de empregos, bilhões em impostos e uma cultura incrível.

Mas o que vocês que se afastaram dos carros pensam? E os que ainda torcem o nariz para muitas das tecnologias automotivas? E você que nunca tinha pensado nisso?

[Fotos tiradas por Pedro Burgos, direto de Las Vegas]