A China alega oferecer um “nível elevado de liberdade” para discursos online. Eu não sei em que mundo eles vivem porque em nosso mundo, o mundo real, a China fechou 1,3 milhões de websites e constantemente bloqueiam sites.

A Academia Chinesa de Ciências Sociais, organização estatal que relatou o número, também disse que existiam 41% menos websites no final de 2010 do que no ano anterior. É como se eles não quisessem que a internet crescesse. [BBC]