A Amazon Prime Video lançou hoje o primeiro trailer do seu filme “A Guerra do Amanhã”. A produção é mais um sinal de que a gigante americana está com o pé no acelerador na corrida dos streamings.

O trailer mostra um roteiro que, em um primeiro momento, parece clichê, mas com um olhar mais atencioso mostra seu valor. Isso porque a trama parece ter sido criada reunindo pontos positivos de outros filmes.

A história mostra a civilização nos dias atuais. Enquanto Dan (Chris Pratt) assiste a um jogo da seleção brasileira com a família, um buraco se abre no meio do campo (e quase engole o Peralta, nosso camisa 18, no filme).

As pessoas que saem do portal se dizem viajantes do tempo de 30 anos no futuro. Segundo eles, a humanidade está à beira da extinção por causa de constantes ataques de uma raça não-humana.

Esses soldados alegam ter só mais 11 meses de vida para eles no futuro e tentam recrutar a humanidade atual para travar a “Guerra do Amanhã”. Porém, 70% dos “convocados” se recusa a deixar o conforto de suas camas quentes para matar os invasores de outra era.

Assine a newsletter do Gizmodo

Chegando no futuro, Pratt e os amigos que ele faz durante a jornada se deparam com um cenário pós-apocalíptico.

Por favor, que o plot twist não seja mais uma arma genética criada por humanos e que fugiu do controle.

Um ponto que pode ser bem positivo para os fãs de Pratt é que o ator Raphael Rossatto, que faz a voz de Peter Quill em “Guardiões da Galáxia” e “Vingadores: Guerra Infinita”, segue sendo a voz do ator na versão dublada.

“A Guerra do Amanhã” estreia dia 2 de julho, no Prime Video.