Nós já vimos pedais que ativam efeitos de guitarra em iPads, mas nunca nada nesse nível apresentado pela DigiTech iPB-10 e do app iPB-Nexus que a acompanha. O equipamento foi feito por uma empresa que se desafia sonoramente a transformar processamento de som lo-fi em uma arte. Isso tem cara de ser divertido.

O iPB-10 é um gadget ambicioso pra caramba, assinado com um nome que não é sempre conhecido por um som bonito. Os efeitos da DigiTech são realmente baratos – no bom sentido. O que vários músicos gostam nos pedais da DigiTech é que eles embrulham e mutilam o som da guitarra de um modo tão divino que o resultado é uma espécie de perfeição perversa. Bem mais para Sonic Youth do que para Led Zeppelin.

Agora multiplique essa desfiguração toda por um pacote que tenta emular as nuances de 87 pedais, 54 amplificadores e 26 caixas acústicas. São muitas possibilidades em um aparelho relativamente pequeno.

http://www.youtube.com/watch?v=o3zHpzYWnGQ

A pedaleira em si não passa de uma série de botões para o seu pé conseguir ativar diferentes processadores no app do iPad. Os guitarristas vão curtir o esforço da DigiTech em fazer o iPB-10 se parecer com uma pedaleira real. Há um espaço acima dos botões onde você pode colocar o iPad e enxergar o app iPB-Nexus. Todos os controles de efeitos ficam em pequenos pedais coloridos na tela, com controles giratórios na interface gráfica. Isso sem contar o pedal de expressão para que você pode usar wah-wah e variações de timbre à vontade.

Esta combinação entre hardware e software oferece mais opções de personalização e programação de som do que você jamais será capaz de usar. Vinte e seis caixas acústicas? Que coisa mais lindamente arbitrária. Mas desde que a funcionalidade esteja lá, a DigiTech iPB-10 e o iPB-Nexus compõem uma maneira incrível de fazer experiências sonoras. Infelizmente, a brincadeira toda custa US$ 500. [DigiTech via SlashGear]