A Acer anunciou nesta quarta-feira (21) uma série de novos produtos para todos os públicos. E teve muito produto mesmo: de projetor a laser e monitor gamer até purificador de ar. Mas aqui quero destacar o segmento de notebooks da empresa, mais especificamente a linha Chromebook, que agora conta com dois modelos equipados com processador da Qualcomm. Estes são os primeiros Chromebooks com o chipset Snapdragon.

Acer Chromebook Spin 513

O Acer Chromebook Spin 513 e o Chromebook Enterprise Spin 513 trazem o Snapdragon 7c, um tipo de chip para aparelhos portáteis e voltado para dispositivos de entrada. Embora tenha o desempenho mais fraco entre os chips da Qualcomm, o 7c é um dos processadores que oferecem maior otimização de uso de bateria. Segundo a Acer, a nova linha de Chromebooks tem autonomia de 14 horas seguidas de uso.

A fabricante ainda incluiu nos aparelhos uma CPU Qualcomm Kyro 468 octa-core de 8 nanômetros, GPU Adreno 618, memória RAM de 8 GB e armazenamento interno de 128 GB. Também oferece suporte para conexões 4G LTE, Bluetooth 5.0 e Wi-Fi, duas entradas USB-C e uma USB-A, acabamento em alumínio com 15,55 mm de espessura e peso aproximado de 1,2 kg.

Acer Chromebook Spin 513

Na tela, a Acer colocou um painel de 13,3 polegadas Full HD (1.920 x 1.080 pixels) que é sensível ao toque, tem proteção Gorilla Glass e traz uma proporção tela-corpo de 78%. As dobradiças de 360 graus proporcionam até quatro modos de uso: concha (para entrada de teclado tradicional), tablet, display e tenda. Além disso, vem com um teclado retroiluminado opcional para ajudar na digitação em locais com baixa luminosidade.

Acer Chromebook Spin 513

A versão Enterprise do Spin 513 traz exatamente as mesmas características do modelo tradicional. A diferença é que a primeira traz recursos ainda mais focados em segurança e privacidade para empresas – e, portanto, é o mais indicado para uso dentro de ambientes corporativos.

De acordo com a Acer, o novo Chromebook Spin 513 começa a ser vendido na América do Norte em fevereiro de 2021, com preço sugerido de US$ 399,99 (R$ 2.450 na conversão atual). A versão Enterprise chega no mês seguinte, a partir de US$ 699,99 (R$ 3.930). Ainda não há previsão de disponibilidade dos produtos no Brasil.

Já faz um tempo que a Qualcomm tem investido na implementação de chips de smartphone em laptops. Neste ano, ainda devemos ter a entrada da Apple neste ramo. Rumores apontam que em novembro a empresa da maçã anunciará seus primeiros computadores (desktops e laptops) com Apple Silicon, uma versão adaptada do chip utilizada em seus dispositivos móveis, como iPhones e iPads.

[Acer]