Por Bruno Izidro

Esse ano de 2015 está sendo ótimo para jogos brasileiros. No primeiro semestre tivemos o primeiro game nacional lançado no PS4, Krinkle Krusher, e a chegada dos aguardados Chroma Squad e Toren. Já esses últimos seis meses do ano começaram muito bem com Odallus – The Dark Call, lançado em julho, e agora em agosto estão previstas nada menos do que quatro promissoras produções brazucas para diversas plataformas, do PC, passando pelo Mobile.

Aproveitando que agosto costuma ser um período ainda morno para os grandes lançamentos (os jogos mais expressivos serão as remasterizações de Gears of War e Dishonored, além do exclusivo de PS4 Until Dawn), esses indies brasileiros com certeza te deixarão ocupado nos próximos dias.

Ubermosh (dia 13, Steam)

Em early access desde março, Ubermosh será finalmente lançado por completo esse mês no Steam. Ele é um jogo de ação bem arcade onde se deve enfrentar ondas e mais ondas de inimigos em arenas. Os principais destaque do jogo são os controles rápidos e a mecânica de poder fatiar as balas dos inimigos e rebatê-las de volta para eles.

De acordo com o desenvolvedor Walter Machado, essa versão final do jogo tem melhorias no visual e na inteligência artificial dos inimigos, adição de armas e classes para os personagens além de outras novidades. Ubermosh é um game para quem já está com saudades de jogos no estilo de Hotline Miami.

Relic Hunters Zero (dia 18, Steam)

Um dos jogos premiados recentemente no BIG Festival, esse shooter com visão de cima está pronto para chegar no Steam no dia 18 e, o melhor, de graça. Resultado da parceria entre o game designer Marcos Venturelli e o artista Betu Souza (ambos trabalharam em Chroma Squad), Relic Hunters Zero é um jogo simples e com jogabilidade bem rápida.

Relic Hunters Zero é formado por 12 fases (e “uma batalha final com um chefe desafiador, porque videogames”, como eles falam). Os níveis terão alguns elementos de rogue like, já que itens e inimigos são gerados proceduralmente. O jogo também terá um modo co-op local.

Outra grande atração do game é que os desenvolvedores resolveram liberar o código-fonte de Relic Hunters Zero para quem quiser fazer mods ou mesmo criar outro jogo com ele. A ferramenta, inclusive, já está disponível para baixar. Lembrando mais uma vez que você não precisará pagar nada para ter tudo isso.

Gryphon Knight Epic (dia 20, Steam)

Se shooters não são muito a sua praia (mesmo grátis), Gryphon Knight Epic chega dois dias depois e pode ser mais do seu gosto. Ele é um shoot ‘em up, ou como costumávamos dizer: jogos de navinha, só que substituindo as naves por grifos sendo montados por cavaleiros medievais.

Gryphon Knight Epic chega um anos depois de conseguir financiamento pelo Kickstarter e os desenvolvedores da Cybher Rhino prometem um jogo não só com tiros para todos os lados, mas também exploração de cenários.

Gryphon Knight Epic terá versões para Windows, Mac e Linux no Steam.

Horizon Chase (iOS)

Desenvolvido pela Aquiris Studios e considerado um sucessor espiritual de Top Gear, Horizon Chase chega esse mês para mobile, porém ainda sem data específica. Mais do que se assemelhar ao clássico jogo de corrida, um dos chamativos do indie brasileiro é que ele terá músicas feitas pelo compositor original de Top Gear.

Horizon Chase também está ganhando destaque internacional e está participando da Gamescom, que está rolando essa semana na Alemanha. Aproveitando o embalo, a Aquiris divulgou um trailer para vermos como está o gameplay do jogo.

Por enquanto Horizon Chase chega só para iOS. Os desenvolvedores já prometeram versões para Android e também PC, mas ainda sem data.