Esta manhã, recomeçaram os trabalhos para encontrar o voo QZ8501 da AirAsia, que desapareceu na Indonésia com 162 pessoas a bordo. Mas o funcionário indonésio responsável pelo resgate diz que o avião está provavelmente “no fundo do mar”.

>>> Avião desaparece na Indonésia com 162 pessoas a bordo

De acordo com o Guardian, o chefe da Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia, Bambang Soelistyo, disse:

Com base nas coordenadas que obtivemos, e dado que a posição estimada do acidente está no mar, a hipótese é que o avião está no fundo do mar. Essa é a suspeita preliminar, e pode progredir com base nos resultados de nossas buscas.

O Airbus 320-200 desapareceu na madrugada de sábado para domingo (horário local) com 155 passageiros e sete membros da tripulação, enquanto ia da Indonésia para Singapura em um voo que deveria duras duas horas.

Ao se aproximar do mar de Java, o piloto solicitou um desvio da sua trajetória devido ao mau tempo, mas o controle de tráfego aéreo perdeu contato com o avião alguns instantes depois. Ele não enviou um sinal de socorro.

O vice-presidente da Indonésia, Jusuf Kalla, diz que há 15 navios e 30 aeronaves realizando operações de busca do avião em uma área de quase 40.000 km². Singapura, Malásia e Austrália enviaram navios para a área onde se suspeita que a aeronave tenha caído. Mas Soelistyo diz que “a capacidade do nosso equipamento não é ótima”; a Indonésia também deve pedir ajuda para países como EUA, Reino Unido e França.

Um avião da Austrália encontrou detritos no mar de Java esta manhã, mas autoridades dizem que eles não são relacionados ao avião da AirAsia. As buscas aéreas foram interrompidas por hoje devido ao mau tempo.

A AirAsia é uma empresa aérea de baixo custo da Malásia. Este é o terceiro incidente aéreo envolvendo uma empresa aérea do país: em março, o voo 370 da Malaysia Airlines desapareceu misteriosamente com 239 pessoas a bordo; em julho, outro Boeing 777 da Malaysia Airlines caiu na Ucrânia com 298 pessoas a bordo. [The Guardian]

Foto por Christian Junker – AHKGAP/Flickr