Apesar de acharmos uma novidade até que bacaninha, preocupações reais sobre o uso negativo do sistema de auto-reconhecimento de rostos em fotos do Facebook fizeram a Alemanha bani-la completamente. E agora, Zuck?

O governo alemão — que tem talvez as políticas de privacidade mais inflexíveis do mundo por causa do nazismo e do subsequente abuso pós-guerra — considera o reconhecimento facial do Facebook uma violação do “direito ao anonimato”, reporta o Atlantic Wire. Difícil negar isso, não?

Ao menos que o Facebook faça mudanças drásticas — deixando mais fácil que os usuários alemães deletem seus rostos marcados, ou mesmo deletar o sistema de vez — a empresa pagará US$500 mil de multa. O que, obviamente, não faz nem cócegas no Facebook. Mas a imagem negativa — país grande declarando que seu site faz coisas ilegais — pode ser muito pior do que meio milhão de dólares.

O Facebook tem duas semanas para responder. Eles mantem a posição de que não estão violando nenhuma lei. [The Atlantic Wire]