Dr. Amar Bose, o homem que fundou uma das mais reconhecidas marcas de equipamentos de áudio, morreu ontem aos 83 anos de idade. O engenheiro elétrico formado no MIT, professor e empresário mudou muito a forma como as pessoas pensam sobre áudio, especialmente ao longo dos últimos anos, à medida que esta tecnologia se tornou cada vez menor e mais portátil.

O Dr. Bose nasceu em 1929 nos EUA, e tem diplomas de graduação e pós-graduação em engenharia elétrica no MIT. Ele também atuou no corpo docente do MIT por 45 anos. Lá, ele foi amplamente reconhecido por seu excelente ensino, e por sua pesquisa pioneira em acústica e design de alto-falantes.

E foi essa pesquisa que levou Bose a fundar sua famosa empresa de áudio em 1964. De fato, o slogan da Bose é “o melhor som através da pesquisa”. O primeiro produto da empresa foi o estranho alto-falante Bose 2201, que tinha 22 drivers full-range instalados em uma caixa em forma de um oitavo de uma esfera. A ideia era que, com dois desses nos cantos da sala, você poderia conseguir “realismo no som”. O produto só durou um ano.

bose (2)

Ao longo dos anos, a Bose avançou em direção ao que nós conhecemos como produtos comuns de áudio pessoal e para carro. Apesar de a Bose não ser sempre a primeira no mercado, ela frequentemente trazia produtos com a combinação certa entre design industrial e qualidade de áudio. Eles satisfazem um mercado de consumidores ricos que não são nerds audiófilos exigentes.

A Bose certamente não foi a primeira empresa a tentar fazer caros produtos de áudio para um número muito grande de pessoas, porém é difícil pensar em outra empresa mais envolvida com rádios-relógio de US$ 500 (os precursores de docks para iPod) e fones de ouvido de US$ 300 (muito antes da Beats chegar lá).

À medida que a Bose crescia e se tornava uma das maiores marcas de áudio no mundo – ela teve receita de US$ 2,8 bilhões em 2011 – a empresa era criticada por seus produtos caros demais. Mesmo assim, seus fones de ouvido com cancelamento de ruído estão entre os melhores que você pode comprar.

bose (3)

Além de sua contribuição para eletrônicos de consumo, Bose ajudou a inaugurar uma nova era para a pesquisa em tecnologia de áudio. Hoje em dia, é muito comum que professores universitários envolvidos em pesquisas sobre acústica abram empresas com base em suas descobertas. Entre os descendentes da abordagem de Bose temos a Audessy, uma empresa de áudio fundada por professores da USC que criaram os melhores algoritmos de processamento para otimizar o som de pequenos alto-falantes.

Em 2011, o Dr. Bose doou a maioria das ações de sua empresa para o MIT, como uma espécie de doação. A universidade não participa na gestão da empresa, e não pode vender as ações: ela recebe apenas os dividendos, que devem ser usados para prosseguir com a missão educativa do MIT. É uma forma bacana de garantir que o conhecimento por trás do som continue a avançar.

Nossas condolências para a família e amigos do Dr. Bose, além das cerca de 9.000 pessoas que têm empregos graças ao seu trabalho. [Bose e MIT]