A natureza traiçoeira da tecnologia frequentemente é marcada por consequências silenciosas como vício, vigilância e assédio online. Mas um fantasma na máquina se tornou assustadoramente audível: a Alexa está rindo de você. Pessoas estão relatando que os dispositivos Echo, da Amazon, começaram a, misteriosamente, rir aleatoriamente, e a empresa confirmou estar trabalhando no problema.

• O próximo dispositivo da Amazon com a Alexa deve ser um smart glass
• Por que maioria das assistentes digitais tem voz feminina?

Como inicialmente noticiado pelo Buzzfeed, usuários do Twitter e do Reddit recentemente postaram sobre os dispositivos ativados por voz rindo sem serem solicitados. Um usuário alegou que a Alexa não fez o som de campainha (indicando que o dispositivo havia ouvido sua palavra de ativação) antes de cair na risada.

(“Deitado na cama, prestes a dormir, quando a Alexa do meu Amazon Echo Dot solta uma risada bem alta e assustadora… Existe uma grande chance de que eu seja assassinado hoje à noite.”)

“Eu estava tentando desligar as luzes, e elas ficavam ligando de novo”, escreveu um usuário no Reddit. “Depois do terceiro pedido, a Alexa parou de responder e, em vez disso, deu uma risada maligna. A risada não era na voz da Alexa. Parecia uma pessoa de verdade.”

(“POR QUE MINHA ALEXA ACABOU DE RIR DO NADA?!?!?!”)

Procurada para comentar sobre as reclamações quanto aos dispositivos Echo rindo espontaneamente, a Amazon disse ao Gizmodo: “Estamos cientes disso e trabalhando para consertá-lo”. Já em entrevista à AFP, explicou que havia descoberto que, às vezes, a Alexa erroneamente registrava a frase “Alexa, ria” e então obedecia. “Estamos mudando para que a frase (de ativação) seja: “Alexa, você pode rir?”, o que é menos propenso a ter falsos positivos”, explicou um porta-voz da empresa à agência de notícias. A modificação inclui uma mensagem de aviso, em que, antes da risada, a assistente responde: “Claro, eu posso rir”.

(“Então, eu tô relaxando na cozinha, fazendo café da manhã, e ouço um aviso vindo do quarto do meu colega de apartamento. Quando abro a porta e olho, a Alexa começa a rir..”)

Para um dispositivo já bastante invasivo, incluir uma risada maligna aleatória me parece um jeito bem diferente de tentar vender o aparelho.

Imagem do topo: Amazon