A Amazon confirmou que está trabalhando no suporte para Android App Bundle (AAB), novo formato de aplicativos da Play Store e que passará a ser exigido pelo Google. Não está claro se isso significa que você poderá fazer o sideload de apps Android de todos os tipos no Windows 11, o que permitirá que você rode ferramentas do sistema operacional móvel em um PC. Mas a notícia por si só já sinaliza para que isso aconteça, de fato.

De acordo com um comunicado oficial, a Amazon planeja oferecer suporte a pacotes de aplicativos em todos os tipos de envio, citando os benefícios do novo formato de arquivo, incluindo “downloads de apps menores para clientes e downloads sob demanda para recursos e ativos”. A Amazon Appstore também continuará oferecendo suporte ao formato APK já existente, e avisou que desenvolvedores que já possuem apps rodando na loja não precisarão enviá-los na nova versão.

O Google introduziu originalmente o Android App Package no Android 9 para ajudar gerenciar o tamanho dos downloads dos arquivos na Play Store. Basicamente, trata-se de um arquivo de APKs divididos, cada um representando uma parte essencial de todo o pacote do aplicativo, e as partes que são instaladas dependem da configuração do dispositivo. Por exemplo, se o app for instalado em um smartphone com processador de última geração, só serão liberados os arquivos que pertencem a esse hardware em específico.

Imagem: Google/Divulgação

A mudança da Amazon é o completo oposto da abordagem do Google para o Android App Bundle. A partir de agosto, os desenvolvedores terão que publicar seus apps no novo formato antes de serem disponibilizados na Play Store. O requisito se aplica a todos os novos envios — ferramentas que estão hospedadas ficam livres dessa exigência, embora o próprio Google recomende que os desenvolvedores migrem para o formato AAB.

Havia alguma incerteza em torno de como a obrigatoriedade do pacote de aplicativos do Google afetaria lojas de terceiros que possuem programas Android. Especificamente, não estava claro se a mudança significaria que você não poderia fazer o sideload de arquivos do tipo “.aab” no Windows 11. Ainda não temos certeza de como será o resultado, mas será interessante ver como a Appstore da Amazon irá se comportar em máquinas Windows, mesmo com o próximo sistema da Microsoft adicionando suporte nativo para aplicativos Android.

Assine a newsletter do Gizmodo

A versão beta do Windows 11 atual não inclui o formato AAB para aplicativos Android. E, muito provavelmente, não saberemos como a Microsoft lidará com isso até o lançamento oficial da plataforma. A boa notícia é que não precisaremos esperar muito, uma vez que o software deve chegar já nos próximos meses.