Se você já desejou que seu dispositivo Echo fosse um painel de controle, bem, boas notícias: a divisão de hardware Lab126 da Amazon está supostamente projetando um aparelho para instalar na parede, e ele poderia fazer chamadas de vídeo, controlar itens de casa inteligente e mudar a música que está tocando.

As informações são da Bloomberg e foram obtidas de fontes anônimas. Elas dizem que o Echo para parede será um “centro de comando digital”. Os usuários vão poder ver os próximos compromissos, controlar lâmpadas e fechaduras e tocar músicas e vídeo. Claro, também vai ter a Alexa, microfones e câmeras, como é típico da Amazon. A empresa estaria considerando versões com telas de 10 ou 13 polegadas. As fontes da Bloomberg dizem que o dispositivo será muito mais fino do que os Echos atuais.

Se tudo correr bem, a Amazon pode lançar o produto no final deste ano ou no próximo, com um preço que varia de US$ 200 a US$ 250.

É uma sacada boa da Amazon. Você já deve ter visto tablets em paredes de salas de conferência ou prédios de apartamentos mais modernos. Ter uma aparelho desses na casa do consumidor é um passo natural, principalmente levando em consideração o monte de itens de casa inteligente disponíveis atualmente no mercado, como câmeras de segurança, alto-falantes, lâmpadas e fechaduras.

Mesmo assim, nós temos algumas perguntas. Quem vai ficar parado em frente a um painel de controle para fazer chamadas de vídeo? Se você embarcar na onda dos produtos de segurança da Ring, que são assustadores, talvez dê para ver quem está do lado de fora da sua casa por este painel na parede, também. Mas, para chamadas de vídeo, parece melhor usar um Echo Show. Outra questão é a instalação. Vai ser fácil de pendurar na parede? Precisa furar? Precisa abrir um buraco? Vou precisar chamar um pedreiro? E quem mora em apartamento? Além disso, o que acontece se o Wi-Fi cair?

Claro, é muito cedo para dizer. De acordo com a Bloomberg, o gadget ainda está nos estágios iniciais de desenvolvimento e o produto final — caso venha a ver a luz do dia — pode ser muito diferente. Se bem-sucedido, entretanto, pode levar a alguns desenvolvimentos interessantes na frente de casa inteligente.

Tecnicamente falando, este nem seria o primeiro gadget Echo montado na parede. Essa honra pertence ao duvidoso Echo Wall Clock, que a Amazon lançou em 2018. Aquilo, no entanto, era um relógio analógico alimentado por bateria que também dava uma ideia de quanto tempo restava em seus timers, quando a maioria dos gadgets Echo não tinha telas. Comparado a esse dispositivo, um painel de controle completo seria um grande avanço. Só resta saber se a conveniência vai ser suficiente para convencer quem ainda não tem um Echo a entrar na onda.