A AMD confirmou que lançará processadores hexa-core para o consumidor final. E o melhor: eles serão compatíveis com placas-mãe AM3 e AM2+ já existentes.

Eles serão versões derivadas dos processadores da AMD para servidores e terão seis núcleos em um die de 45 nm. A AMD disse que as velocidades de clock provavelmente não serão tão altas quanto as dos atuais processadores quad-core e terão 3 MB de cache L2 e 6 MB de cache L3. Eles competirão com o “Gulftown” (provavelmente Core i9), da Intel, no ano que vem, quando forem lançados. Mas a melhor notícia mesmo é a compatibilidade com placas atuais – diferente do que muitas vezes ocorre com a Intel, você não precisará trocar a sua placa-mãe para atualizar seu sistema com processadores “Thuban”. [MaximumPC via Engadget]